Cadastre-se

Kunstmann Original Anwandter Rezept

Ricardo Bertolini
 
3.1 (12)
2224   0   4  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Kunstmann Original Anwandter Rezept

Informações

Álcool (%)
5.8% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal
En 1850 Valdivia vio llegar a un pionero colono alemán, Carlos Anwandter, ejemplo de esfuerzo, perseverancia y nobleza. Dentro de sus múltiples obras creó la Cervecería Anwandter, ícono del emprendimiento local. Las recetas de Anwandter Hnos, fueron autorizadas por el “Instituto de Hijiene de Valdivia”, el 13 de Diciembre de 1900, entre las cuales destaca la cerveza lager Valdivia “ Non Plus Ultra” Nº 1185. Estas recetas fueron premiadas, nacional e internacionalmente con 12 medallas de otor y 12 timbres de honor al merito cervecero de Valdivia. Kunstmann rescata una de las mejores recetas de Anwandter y lanza su nueva variedad Kunstmann Original Anwandter Rezept. Cerveza tipo Edel Lager, de color rubio dorado profundo, Su grado de extracto original y fermentación baja, da un cuerpo intenso y mayor contenido de alcohol, 5,8º. Ideal para acompañar carnes rojas y carnes grasas como el cerdo.

Avaliações dos usuários

12 avaliações

5 estrelas
 
(0)
 
(4)
 
(8)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.1
Aroma 
 
6/10  (12)
Aparência 
 
3/5  (12)
Sabor 
 
12/20  (12)
Sensação 
 
3/5  (12)
Conjunto 
 
6/10  (12)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
6/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
6/10
Uma Pal de coloração dourada, creme branco baixo e razoavelmente fugaz, aroma trazendo leve malte, bem como no sabor, que é fechado com leve amargor seco para equilibrar. Dentro do estilo.

Detalhes

Degustada em
07/Janeiro/2017
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 13 de Agosto de 2016)
Avaliação Geral 
 
3.5
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10

Originária da Alemanha, a família Kunstmann desembarcou na cidade de Valdivia, sul do Chile, em 1850. Com a abertura da cervejaria "Anwandter", em 1851, os Kunstmann foram testemunhas da consolidação de Valdivia como um importante polo cervejeiro. Infelizmente, por vias do destino, a saga da "Anwandter" durou apenas dez anos devido ao terremoto que a destruiu em 1860.

Inspirado no legado histórico da velha cervejaria "Anwandter", Armin Kunstmann e família passaram (em 1997) a fazer cerveja em casa. Meses depois, o sonho de produzir comercialmente acabou se concretizando com a fundação da "Sociedad Cervecera Valdivia Ltda" - empreendimento no qual Kunstmann tornou-se sócio majoritário.

Instalada no bairro de Torobayo, a empresa hoje exporta para países como Estados Unidos, Alemanha, Brasil e Japão. O complexo fabril conta com centro de visitação, tours guiados e museu próprio. Além disso, a cervejaria organiza todo ano o "Bierfest Kunstmann Valdivia" - um evento com música, danças e cervejas aos moldes da Oktoberfest.

ORIGINAL ANWANDTER REZEPT

O rótulo procura resgatar uma das receitas originais de Carlos Anwandter, colono alemão pioneiro da antiga cervejaria "Anwandter". Ela se aproxima, em tese, de uma 'Dortmunder Export'.

Líquido cor de ouro velho, brilhante, com alta formação de creme esbranquiçado, fofo e duradouro.

O aroma traz malte abiscoitado/caramelizado riscado por discretas notas de maçã e algum floral.

Na boca privilegia o sabor dos maltes ao entregar moderado dulçor com seu corpo médio de carbonatação intermediária. Nuances de rosquinha, caramelo e biscoito antecedem um amargor singelo. O final vem adocicado, temperado pelo caráter floral do lúpulo. Muito fácil de beber.

Cerveja saborosa, mas não a ponto de honrar o preço cobrado no Brasil.

Detalhes

Degustada em
10/Agosto/2016
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Supermercado Tauste, Marília - SP
Preço
R$ 19,98
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.5
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Espuma bege clara densa, bem cremosa, fofa mesmo, que se forma com grande facilidade e chega a ser teimosa de tanto que dura. O líquido, âmbar límpido, tem carbonatação média-baixa.
Aroma com muito malte, caramelo e herbal, traços de levedura. Creme adocicado. Na boca, revela ótimo balanço entre malte/caramelo e lúpulo herbal. Amargor bem inserido, agradável, com jeitão de mato. Excelente drincabilidade. Deixa uma sensação razoavelmente seca no final do palato, com toques de malte e erva. O retrogosto segue essa sensação.
A porção final da garrafa deixou um toque adstringente, quase apimentado. Mas sem excessos, no limite do agradável.
Um dos melhores rótulos dessa curiosa cervejaria chilena, pode ser uma boa opção para relaxar após um dia intenso de trabalho.

(Aparência: 3,5)

Detalhes

Degustada em
03/Julho/2016
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Cor âmbar dourada com uma espuma fina de curta duração.
Aroma surpreendentemente intenso de dulçor de malte com bastante castanha-caramelo e frutas vermelhas.
Sabor com notas de maltes tipo grão, mel, frutas vermelhas, castanhas, lúpulos herbáceos, leve feno seco e caramelos. Retrogosto medianamente seco com um amargor de leve a médio.
Corpo de leve a médio com carbonatação apropriada.
Uma cerveja original de complexa da Kunstmann. Tem um sabor bem frutado e cheio de castanhas para ser uma Lager. Ela foi bem divertida e prazerosa de beber. Creio que esta e a Grand Torobayo são suas melhores cervejas.
Ap.3 Ar.3,5 Sab.3,75 Sens.3,75 Cj.3,75

Detalhes

Degustada em
28/Julho/2015
Envasamento
Onde comprou
The Monkey House em Bogotá
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 14 de Junho de 2015)
Avaliação Geral 
 
3.1
Aroma 
 
5/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
12/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10
Cerveja apresenta uma intensa formação de espuma, de bolhas pequenas e uniformes, bastante cremosa. Lacing é ótimo, deixando não apenas uma renda, mas uma verdadeira parede nas laterais do copo. Retenção é fora do comum, permanecendo durante muito tempo uma grossa camada no copo.
Cor dourada, com boa carbonetação aparente, contribuíndo para a formação de espuma; aspecto não é cristalino, mas é longe de poder ser chamado de turvo também.
Aroma é levemente adocicado, apesar de traços de lúpulo; malte presente.
Na boca o sabor de malte é o protagonista, aínda que o amargor aparece aqui e ali. Já a carbonetação, que prometia tanto, é artigo raro, quase que inexistente, assim como a adstringência. Não chega a ser uma cerveja doce, mas o lúpulo e qualquer tipo de amarração na boca desempenham apenas papel de figurante.
O retrogosto é curtíssimo, igualmente levemente maltado, mas meio sem graça.
O conjunto é muito bem equilibrado, entre malte, lúpulo e álcool. É daquelas cervejas que podem sim ser degustadas em quantidade maior sem problemas.

Como um todo é uma cerveja bastante agradável, ainda que meio sem personalidade. Não chega a ser maltada demais, nem lupulada, é um equilíbrio bacana, mas sem um quê de personalidade, eu diria.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Argentina
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Ver todas as avaliações de usuários

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se