Comparativo de cervejas Malzbier

34 Comentários
52.827 visitas

O estilo Malzibier é pouco documentado, pelo menos nas fontes de pesquisa mais acessíveis. Não figura, por exemplo, nos estilos listados pelo BJCP e pelo Brewers Association.

Muito famosa no Brasil, não possui muitos correspondentes fora daqui. Na Alemanha, seu país de origem, nem é tratada mais de cerveja e sim bebida energética. Enquadra-se normalmente no grupo de “outras cervejas com baixo teor alcoólico”, já que a Malzbier original não chega nem a 1% de álcool, pois, apesar de ser produzida como qualquer outra cerveja, ela quase não tem fermentação.

A que temos aqui, lembrando novamente que não se assemelha ao estilo que lhe empresa o nome, possuem como caracteristica principal:

Cerveja escura e doce, de graduação alcoólica baixa, na faixa dos 3 a 4,5%.

Quase toda cervejaria brasileira tem sua versão. Analisamos 5 delas:

  • Brahma Malzbier
  • Antarctica Malzbier
  • NovaSchin Malzbier
  • Itaipava Malzbier
  • Crystal Malzbier

As Malzbiers brasileiras são cervejas do tipo american pale lager na qual, após a filtração, são adicionados caramelo e xarope de açúcar, dando a coloração escura (que não vem do malte tostado) e o sabor adocicado. Dizem inclusive que, antigamente, cerca de 20 anos atrás, a Malzbier era produzida para reaproveitar a cerveja de início e fim da filtração e cervejas fora dos padrões. Hoje em dia isso não acontece mais e a cerveja ganhou um pouco em qualiadade.

De nossa degustação, o que pudemos extrair de relevante foi:

Brahma (a 1a Malzbier do Brasil)
Álcool: 4%
Volume: 355ml
Características: Junto com a Antarctica, a com  menor percentual de álcool. É a mais doce de todas. Aroma pouco presente

Antactica
Álcool: 4%
Volume: 355ml
Características: Possui um leve amargor percebido no final. É também a menos doce e a menos carbonatada. Aroma pouco perceptível.

Itaipava
Álcool: 4,2%
Volume: 355ml
Características: Aroma presente e agradável de caramelo. A segunda mais doce.

Nova Schin
Álcool: 4,3%
Volume: 355ml
Características: A segunda menos doce e com o aroma mais evidente de todas. A única no qual o creme deixou marcas no copo.

Crystal
Álcool: 4,2%
Volume: 355ml
Características: Leve amargor no final, equilibrando-se muito bem com o adocicado. Aroma pouco perceptível. Em quase todos os comparatívos ficou no meio.

Conclusão: as cervejas são extremamente parecidas, seguindo o estilo bem doce. O que varia entre elas é basicamente a intensidade do açucar percebido e também o amargor sentido no retrogosto, mas que aí é questão de gosto pessoal.

Portanto, se você gosta de Malzbier e tem a sua preferida, deixe seu comentário aqui e nos diga o porquê. Se ainda não tem preferência, pode repetir o nosso teste, mas no fim, ousamos dizer que dá na mesma.

34 Respostas para “Comparativo de cervejas Malzbier”


  • Onde se encaixa a Caracu? Não é doce também?

  • nao curto…

  • Zac, a Caracu e’ uma Stout, assim como a Guinness. Cervejas desse tipo nao devem ser doces nao, mas sim tostadas, puxadas para um café.

  • Sempre tive preconceito com as Malzbier. Até ano passado quando encontrei uma honrosa exceção na produzida pela artesanal e lendária Canoinhense. Vale a pena arriscar, não é semelhante às comerciais.

  • 5 Fabio Martelozzo

    Sobre a Caracu, eu uma vez li (acho que na comunidade Degustadores de Cerveja no Yorgut) que as chamadas “stout” brasileiras, Caracu inclusa, são cervejas de baixa fermentação (lagers) enquanto as stouts padrão produzidas mundo afora são de alta fermentação (ales). Um dos comentaristas chegou a dizer que, caso servíssemos batatas cortadas em tiras longitudinais porém preparadas no forno e não no tacho de óleo quente, por mais que elas tenham a aparência de batata frita, não podem ser chamadas de “batata frita”. O mesmo acontece com as “stouts” brasileiras.

    Sobre a Malzbier. Sinceramente, não curto. Tem umas mais doces que Coca-Cola. Intragáveis. Mês passado joguei duas na pia de casa, pois minha esposa e cunhada curtem (pero no mucho) e comprei umas no natal. Se elas naturalmente são ruins, imagina com a data de validade vencida…

  • 6 Nelson Zanoteli Junior

    Sou fã de cerveja escura (sem corante caramelo). Afinal de contas, entre essas Malzbier, Caracu, Munich (Schin) ou Bohemia Escura, alguma leva algo de malte torrado, ou fica somente no caramelo mesmo?

  • Caros,

    A caracu não é uma Stout, já que Stouts são cervejas de alta fermentação e ela é uma lager. E elas podem ser doces, como a La Brunette, uma Sweet Stout. A Guinness é uma Dry Stout, bem diferente das acima citadas.

    Um abraço

  • Senti falta da Xingu. Ela é ou não é Malzbier??

  • Realmente ha a diferenca de ser lager, mas em todas as referencias possiveis para a cerveja, ela e’ tida como uma Stout. Caimos em um caso parecido com a nomenclatura Pilsen usada pelas lagers nacionais. Entretanto, diferente das Pilsens brasileiras que podemos facilmente enquadra-las como American Lager, a Caracu nao vejo outro enquadramento facil, mesmo ela sendo uma lager, pois em termos de caracteristicas ela tem muito a ver o estilo Stout. Quem souber dizer onde ela se enquadra com mais propriedades, seria bacana enteder as razoes e tirar essa duvida por aqui.
    Edu, com relacao ao estilo Sweet Stout, voce esta certo. A ideia foi nao ter que entrar muito em detalhes de sub-estilos, principalmente quando sua caracteristica foge um pouco do padrao.

  • A Xingu é uma Schwarzbier, como a Boehmia Escura.

  • Confrades do Brejas,

    Nesta vcs se superaram! Rs. Se dar ao trabalho (ou seria tortura?) de degustar as malzbier daqui é realmente impressionante, não queria estar na pele de vcs.
    Espero que tenham tomado algo decente depois pra equilibrar.
    O site é ótimo. Abraços,

  • Voltando para esclarecer as duvidas em aberto sobre as Stouts brasileiras. Em consulta feita diretamente com as cervejarias, tivemos as seguintes respostas:

    Caracu:
    “Com a colonização inglesa pelo mundo afora, desenvolveram-se inúmeras variantes deste tipo de cerveja (dry, sweet, foreigner, imperial entre outras). Embora a maioria das cervejas Stout sejam de alta fermentação, existem algumas variantes que usam fermento de baixa fermentação (o fermento de baixa fermentação foi descoberto por volta de 1832). Sendo assim, a Caracu é uma cerveja do tipo Sweet Stout de baixa fermentação.”

    La Brunette:
    “Em nossa opinião trata-se de uma Stout. Em sua receita vai, malte, cevada, cevada torrada e malte torrado. Talvez o mais próximo na classificação fosse uma Dry Stout, mas com todo respeito, preferimos o paladar atual que se afasta um pouco deste estilo. Senão seria uma cópia de Guiness sem personalidade”

  • Mais uma polemica: no site da Xingu, ela e’ descrita como uma Sweet Stout tambem. Alguem consegue explicar tanta confusao de classificacao?

  • impressionante alguns tentar fazer de sua opinião a legitima…
    na verdade malzbier ou cerveja branca ´da tudo no mesmo é só pra mijar e arrotar
    vão ser romanticos la na lua….

  • EU ADORO TODAS ESTAS MARCAS, PORÉM QUEANDO EU VOU AO BRASIL, TRAGO NORMALMENTE A BRAHMA E ANTÁRTICA.

  • Que me perdoem os técnicos, os estudiosos, os pretenciosos o os preconceituosos: beber Malzbier é muito bom! No inverno ou verão, gelada ou não. Elas – de qualquer marca -não merecem ser tão desconsideradas e nem ir para o ralo… Espero que nunca saiam do mercado.

  • Concordo com a Rose, só que prefiro sempre bem geladinha!. Só não consigo degustar mais que duas!.

  • eu gosto de malzebi,mas ñ passo de uma.

  • É o único tipo de cerveja que bebo. Prefiro a itaipava.

  • Olá! Eu sou argentina e quando vou de férias ao Brasil morro por beber cerveja malzbier, eu gosto muito da Antárctica mais bebo também o que consigo no supermercado.
    Lamento muito que não haja na Argentina este tipo de cerveja.

  • Gosto muito deste tipo de cerveja, eu não gosto de beber, por que não gosto daquele ardor do alcool, não gosto dessas cervejas normais pq são amargas demais, não gosto de nada amargo, cerveja, gilo, café, nada, mas a malzbier essa sim me faz beber cerveja, gosto muito, gosta da Antartica, acho ela mais equilibrada não é muito doce, perfeita, sempre bebo ela, sempre tenho em casa, bebo no bar ela e meus amigos bebem as normais (geralmente Skol) mas respeito todas, só não gosto de coisa muito amarga só por isso, aqueles q não gostam não digam apenas que não presta e pronto, digam o motivo, desse jeito estão querendo colocar suas opiniões como a verdade. Elas são tão bem aceitas que ainda fabricam e outras cervejeiras começaram a fazer também e em qualquer distribuidora tem elas, ainda bem o/

  • tenho tomado a cerveja malzbier ja faz alguns meses, e achei ela bem melhor q a comum, nao tenho menhum mal estar no dia seguinte. Bem gelada é uma otima bebida para o final do dia……

  • O gosto do caramelo é triste, parece que estou bebendo agua com açucar.

  • 24 Arnaldo Travessa Pinheiro

    Sou de Belém-Pará gosto muito da Cerveja Malzbier tem um grande problema em Belém não se encontra mais nos supermercados só em lojas de conveniência de postos de gazolina e poucas unidades, gostaria que vocês desse uma chamada nos fabricantes para voltar a vender nos supermercados de Belém eu já liguei para fabricantes mais sem solução no mercado paraense meu obrigado pelo espaço

  • A Caracu não é Malzbier, ela é uma Stout. São parecidos os estilos, mas não iguais.

  • Malzbier uma otima cerveja, pra quem gosta de uma cerveja docinha como eu, além de ter um teor alcoolico baixo, bebo muito a Brahma malzbier. MALZBIER MUITO BOA!

  • A única cerveja que consigo beber é a malzbier itaipava docinha e gostosa,parabens Itaipava.

  • A minha preferida é a da Brahma.Deliciosa!!

  • Melhor cerveja escura pra mim é a Devassa negra

  • 30 CELSO JOSE SACCHI

    FUI CERVEJEIRO AMADOR E, EM VISITA A UMA CERVEJARIA EM JACAREÍ(SP), PERGUNTEI AO MESTRE CERVEJEIRO ONDE ELE FAZIA A MALZBIER. ELE ME DISSE QUE A MALZBIER, ASSIM COMO O BACALHAU DO PORTO NÃO EXISTEM E SÃO INVENÇÃO DE BRASILEIRO.DISSE-ME ELE QUE A MALZBIER ERA A SOBRA DE CERVEJA NO TANQUE AO QUAL ERA ADCIONADO O XAROPE (AÇÚCAR CARAMELADO)E ENCAMINHADA PARA OUTRA ÁREA DE ENGARRFAMENTO, QUE NÃO A LINHA DE PRODUÇÃO NORMAL. É, PORTANTO, UM REAPROVEITAMENTO DA PILSEN CLARA. QUANTO A CARACÚ ELE DISSE QUE NÃO É MALZBIER E SIM UM TIPO DE STOUT LEVE,ASSIM COMO A BOCK , A XINGÚ E ALGUMAS OUTRAS ESCURAS (DARK LARGER).

  • 31 lourival fonseca

    Sou um formigão desde criança. Às vezes sou meio antissocial, porém autêntico. Detesto bebidas amargas ou vinho seco. Sou fã de carteirinha de vinho suave ou moscatel e malzbier. Quando vou a uma festa, homens e mulheres pedem cerveja e eu malzbier inclusive para acompanhar pizza. Sempre me pedem: – Pôe um pouquinho aquí no meu copo. E assim várias pessoas fazem o mesmo. Conclusão tenho que pedir várias garrafas .Numa pizzaria. em outra mesa também vejo pedirem malzbier depois de virem-me tomar essa delícia. Falta só propaganda

  • O meu marido, que é português, AMA Malzbier… A minha cunhada nos trouxe agora 4 latinhas da Brahma, e ele está a beber com toda a cerimónia, sempre lamentando não existir cá em Portugal…

  • A PROPÓSITO DE CEVEJA ESCURA, AQUI NO ESPIRITO SANTO ESTÁ SENDO MONTADA UMA FABRICA PARA PRODUZIR CERVEJA A PARTIR DO CAFÉ CONILON, ABUNDANTE NA REGIÃO. O CERVEJEIRO É FLAVIO BARONE.

  • A PROPÓSITO DE CERVEJA ESCURA, AQUI NO ESPIRITO SANTO ESTÁ SENDO MONTADA UMA FABRICA PARA PRODUZIR CERVEJA A PARTIR DO CAFÉ CONILON, ABUNDANTE NA REGIÃO. O CERVEJEIRO É FLAVIO BARONE.

Deixe um comentário

Você deve logar-se para postar um comentário.

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]