Cadastre-se

Methusalem

Denis Conrado 24 de Novembro de 2015
 
3.9 (14)
3230   0   6  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Methusalem

Informações

Cervejaria
Estilo
Álcool (%)
10% ABV
IBU
18
Ingredientes
Água, malte, lúpulo e levedura.
Ativa
Temperatura
Copo ideal
Essa é uma recriação da histórica Adambier - um estilo de cerveja tradicional da cidade de Dortmund que desapareceu em 1960. Uma cerveja forte e levemente ácida, com notas defumadas e, que apesar do seu teor alcoólico de 10% ABV, ela é extremamente equilibrada.

Uma cerveja fora do comum e surpreendente! O nariz antecipa a agradável acidez com uma sensação que lembra pão preto recém-assado e o frescor do lúpulo com notas cítricas e toques defumados marcantes. Na boca, dulçor e acidez estão perfeitamente equilibrados, com o malte em destaque com o amargor que se faz presente. Complexa, forte, mas extremamente equilibrada, com o álcool muitíssimo bem inserido - tanto que não parece ter 10% de teor alcoólico. É uma bebida que não precisa ser tomada imediatamente, vale a experiência de guardá-la em uma boa adega, pois evolui com o tempo.

Fotos

Avaliações dos usuários

14 avaliações

 
(1)
 
(12)
 
(1)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10  (14)
Aparência 
 
4/5  (14)
Sabor 
 
15/20  (14)
Sensação 
 
4/5  (14)
Conjunto 
 
8/10  (14)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Cerveja com textura licorosa, baixissima drinkability, frutas secas e cristalizadas presentes no aroma e sabor.
Corpo médio à intenso, malte, torrefação e amadeirado!
Cerveja complexa e gostosa!

Detalhes

Degustada em
24/Fevereiro/2020
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Clube do Malte
Screenshot_20200224-202107
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Excelente cerveja.
Belíssima aparência, forma uma espuma entre média e grande, um tanto cremosa, bolhas moderadas, bege clara e um tanto duradoura, deixa uma boa renda no copo e lágrimas de álcool moderadas ao girar o copo. Nublada e meio borbulhante. Coloração marrom escura, ligeiramente avermelhada.
Aroma delicioso, rico, malte entre médio e intenso, meio tostado, leve cereais, defumado e crosta de pão, traços de nozes. Lúpulo entre leve e médio, um tanto ervas, meio flores. Álcool balanceado. Ainda ares moderados de ameixa seca e leve pimenta.
Sabor bem agradável, rico, longa duração, doçura entre leve e moderada, azedo meio leve, amargor moderado, leve álcool, reflete muito bem as notas maltadas do aroma com tostado e um pouco de defumado, seguidos de algo torrado.
Corpo entre médio e intenso, textura levemente oleosa, carbonatação entre vívida e média, final um tanto duradouro, levemente picante, um tanto amargo e ligeiramente seco.

Destaque para a aparência e a sensação na boca perfeita, assim como as belas notas do aroma com o toque defumado, também o excelente disfarce do álcool. Espuma permanece até o final.
Cheers!

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
WBeer
Preço
R$ 18,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10

Detalhes

Degustada em
28/Novembro/2017
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 09 de Agosto de 2017)
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Imagine uma cervejaria dedicada à pesquisa e recriação de estilos alemães históricos perdidos no tempo: esta é a The Monarchy.

Em atividade desde 2012, ela é uma espécie de projeto paralelo encabeçado pelo jovem Sebastian Sauer - cofundador da inovadora cervejaria "Freigeist BierKultur", de Colônia. O rapaz, que esteve no Brasil em 2015, chegou inclusive a desenvolver algumas receitas colaborativas com a cervejarias "2Cabeças" (RJ) e "Abadessa" (RS).

METHUSALEM

Reinterpretação de um tipo de cerveja histórica - praticamente extinta - chamada "Adambier".

Originária da cidade alemã de Dortmund, as Adambiers são relacionadas às 'Altbiers' de Düsseldorf - só que mais alcoólicas, ácidas, além de geralmente envelhecerem por longos períodos em barris de carvalho. Não por acaso, o rótulo emprega a figura de Matusalém - personagem que, segundo a Bíblia, foi o homem mais velho a viver na Terra.

Outra forma de tentar compreender as Adambiers, seria pensá-las como uma espécie de 'Doppelsticke' (uma 'Altbier' mais forte') ácida. Afinal, tal como suas "primas" de Düsseldorf, são 'ales' fermentadas e maturadas em temperaturas próximas à de uma 'lager'.

*Unidade produzida sob contrato na fábrica da cervejaria Vormann Brauerei, em Hagen, Alemanha
**Envasada em 2015
***Degustada em temperatura ambiente externo (16ºC).

De coloração marrom escura, forma dois dedos de colarinho bege, cremoso e duradouro.

Aroma suave, passando por toques caramelizados, defumados, minerais, leve esterificação e oxidação. As lembranças mais imediatas, ainda que sutis, sugerem toffee, sal de frutas e ameixa.

De corpo médio-alto e carbonatação amena, na boca une componentes adocicados e defumados de malte a gentil acidez; nuances frutadas e minerais complementam de fundo. Notas de ameixa preta, madeira velha e ligeiro salgado vêm pontuando aqui e ali. O final segue assim agridoce e discretamente tostado. Difícil acreditar ter 10% de álcool.

Cerveja muito elegante - delicada, saborosa e principalmente equilibrada. Eu poderia tomar várias canecas seguidas sem nem ver o tempo passar. Vale a pena conhecê-la.

Detalhes

Degustada em
05/Agosto/2017
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Clube Wbeer
Preço
R$ 22,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Na taça mostrou uma coloração castanha escura, fechada com um creme bege denso de boa formação e persistência.
Aroma de média intensidade trazendo maltes tostados, leve caramelo e uma pegada defumada remetendo a madeira queimada.
Na boca traz o malte levemente tostado com a madeira mais presente. Um picância defumada aparece. O lúpulo está mais presente encaminhando para um final levemente amargo e razoavelmente seco. O álcool esquenta a degustação. Aftertaste amadeirado e maltado. O corpo é médio assim como a carbonatação.
No conjunto uma cerveja vigorosa que consegue ser potente e agradável. Apenas o caráter sour passou desapercebido.
Vale, e muito, pelo valor histórico.

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Ver todas as avaliações de usuários

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se