Cadastre-se

Rodenbach Vintage 2012 Oak Aged Barrel No 170

Francisco Lima 30 de Dezembro de 2014
 
4.3 (8)
3048   0   2  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Rodenbach Vintage 2012 Oak Aged Barrel No 170

Informações

Cervejaria
Álcool (%)
7% ABV
IBU
8
Ativa
Temperatura
Copo ideal
Rodenbach Vintage is the unique result of selection by our Rodenbach brew masters, the barrel after two years of maturation has produced the best beer, "the best barrel of the year". The label is always the number of barrel stated and the year which marks the beginning of maturation.

Rodenbach Vintage is 100% matured old beer, resulting in superior Rodenbach Grand Cru. Its taste is complex, round, intense and refreshing. Typically, the apple tart fruitiness combined with caramel, wild honey and oak with a hint of vanilla, cherry and licorice. Its aroma has hints of caramel and oak, as well as notes of green apples mixed with honey and chocolate. The slightly sour, fruity aftertaste is long and nicely balanced like a grand cru wine.

Avaliações dos usuários

8 avaliações

 
(2)
 
(6)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10  (8)
Aparência 
 
4/5  (8)
Sabor 
 
18/20  (8)
Sensação 
 
4/5  (8)
Conjunto 
 
9/10  (8)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Flanders equilibrada
Acético e acidez no ponto certo
Toma se de barril

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
8/10

Detalhes

Degustada em
11/Agosto/2018
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 02 de Junho de 2018)
Avaliação Geral 
 
4.5
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
A Rodenbach é uma tradicional cervejaria especializada em 'Flanders Red Ales' situada em Roeselare, cidade belga da região de Flanders Ocidental. Sua história remonta ao ano de 1821, quando quatro irmãos da família Rodenbach (Pedro, Alexander, Ferdinand e Constantijn) resolveram investir numa pequena cervejaria.

Quinze anos depois, Pedro e sua esposa compraram a parte dos irmãos. Em 1864, Edward, filho do casal, assumiu o negócio e inaugurou uma era de grande crescimento para a cervejaria. Mas foi através de Eugene (neto de Pedro que veio a assumir empresa em 1878), que a Rodenbach finalmente se tornou conhecida pelo tipo de cerveja que faz até hoje. Graças a uma temporada que passou na Inglaterra, Eugene pôde aprender como maturar cervejas em tonéis de madeira e depois "blendar" lotes jovens e velhos.

As ações da cervejaria permaneceram nas mãos dos descendentes dos Rodenbach até 1998, sendo então adquiridas pela também belga, Palm Brewery.

Além de produzir rótulos sob a denominação de sua própria marca, a Palm Brewery é também detentora de outras cervejarias como De Gouden Boom, De Hoorn e Boon.

VINTAGE *2012

Cerveja do estilo 'Flanders Red Ale', o que significa que é inicialmente fermentada à partir da inoculação de uma cultura mista de leveduras e bactérias para depois ser envelhecida em tonéis de carvalho. No caso da Rodenbach Vintage, ela é maturada durante dois anos num tonel específico (que vem identificado através de um número na garrafa) escolhido a dedo pelo mestre cervejeiro. Uma vez dentro dentro dele, ela acaba recebendo a influência de outros microrganismos que vivem na madeira, tais como bactérias acéticas e leveduras "selvagens" do gênero "Brettanomyces". Vale frisar que - diferententemente dos demais rótulos da casa - a Rodenbach Vintage não é "blendada" com cervejas de lotes mais jovens. A unidade em questão foi colocada no tonel de número 170 em 2012, sendo portanto engarrafada apenas em 2014.

Líquido de coloração marrom ferrugem e tons avermelhados. Servido, forma pequena camada de espuma bege e fervilhante de baixa retenção

O aroma destaca elementos vínicos, reminiscências de sidra e vinagre balsâmico. Traços frutados, fenólicos e minerais (remetendo à cereja, pimenta preta e sal de fruta) vêm em segundo plano. Ecos de madeira e malte tostado reverberam mais ao fundo.

De corpo médio e sensação frisante, ao paladar ressalta a dinâmica entre malte caramelizado/tostado e moderada acidez de cunho lático e (avinagrado) balsâmico. Matizes frutados, vínicos e fenólicos abraçam por fora, acrescentando notas de cereja, maçã e pimenta preta, além de ligeiro "funky". O final chega seco, levemente azedo, condimentado e salgado. Taninos suaves, provenientes da madeira, pontuam o retrogosto.

Cerveja de personalidade; deliciosa e refrescante. Verdadeiro deleite para apreciadores do estilo!

Detalhes

Degustada em
31/Maio/2018
Envasamento
Volume em ml
750 ml
Onde comprou
transação interpessoal
Preço
R$ 80,00 (60 + 20 de frete).
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Uma Rodenbach é sempre uma ótima cerveja para degustar. A Vintage 2012 é envelhecida em barris de carvalho. Recebeu medalha de ouro no World Beer Cup 2014.
Apresentou coloração acobreada escura, turva e com creme bege de média formação e rápida dissolução. Aromas complexos, intensos e muito refrescantes: notas avinagradas (balsâmico), maçã verde, cerejas, baunilha, caramelo e bastante madeira. No sabor o caráter mais azedo se destaca, com as notas de vinificação e vinagre balsâmico, baunilha, madeira e frutas vermelhas. Corpo médio, boa carbonatação. Obra-prima!

Detalhes

Degustada em
05/Outubro/2016
Envasamento
Volume em ml
750 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 10 de Fevereiro de 2016)
Avaliação Geral 
 
4.6
Aroma 
 
10/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
10/10
Sou muito suspeito para um review da Rodenbach e do estilo Flanders Red Ale. É a acepção de cerveja refrescante.
Na taça mostrou uma líquido acobreado escuro, turvo e com um creme marfim de média formação e baixa persistência.
Aroma intenso, complexo e refrescante. Deliciosas notas de vinagre balsâmico, maça verde, uvas vermelhas, cerejas maceradas, baunilha intensa, caramelo, um pouco de madeira. Aquele delícia de vinho velho.
Na boca já de cara mostra o caráter azedo e ácido. Novamente notas vinificadas, balsâmico, frutas vermelhas maceradas e muita baunilha. Notas de madeira bem presentes. O final é acido seco e bastante azedo . Aftertaste profundo com baunilha, balsâmico e frutas vermelhas maceradas. Corpo médio, carbonatação baixa mas acima do esperado e drinkability nas alturas.
No conjunto uma cerveja extremamente vinificado sendo azeda e frutada à perfeição. Que aula!

Detalhes

Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Ver todas as avaliações de usuários

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se