Cadastre-se

Atomga Cherry Wood Aged Series 2015

Alexandre LC 01 de Março de 2016
 
4.4 (7)
1292   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Atomga Cherry Wood Aged Series 2015

Informações

Álcool (%)
12% ABV
Ativa
Temperatura
Copo ideal
A ATOMGA CHERRY, estilo RUSSIAN IMPERIAL STOUT, teve sua receita elaborada em uma parceria com os cervejeiros norte-americanos CHRIS KIRK e JOYCE TILLER, conhecidos pelo trabalho na GREAT DIVIDE. O nome da cerveja foi inspirado por uma banda de AFROBEAT americana da cidade de Denver.

A combinação dos maltes torrados e tostados com levedura inglesa em sua versão WOOD AGED 2015 é um BLEND 50/50 maturada envelhecida por 10 MESES EM BARRICAS DE CARVALHO NORTE-AMERICANO, previamente utilizado por UÍSQUE BOURBON e previamente utilizado por VINHO TINTO DA SERRA GAÚCHA com doses sutis de cereja no final do envelhecimento nos barris. Elevando o espírito desta cerveja a um verdadeiro grito de Afrobeat: ”ATOOOOOMGAAAA CHERRY”.

Em seu pré-lançamento recebeu MEDALHA DE OURO NO MONDIAL DE LA BIÈRE NO RIO DE JANEIRO, em novembro de 2015.
GARRAFA COM FORTE POTENCIAL DE GUARDA, PODE SER CONSUMIDA IMEDIATAMENTE. IRÁ EVOLUIR NOS PRÓXIMOS 3 ANOS.

COR: Preto profundo
SABOR: Cerejas, chocolate amargo café, baunilha, coco
AROMAS: Chocolate e cerejas sutis

Garrafa com 300ml

Avaliações dos usuários

7 avaliações

 
(1)
 
(6)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
8/10  (7)
Aparência 
 
5/5  (7)
Sabor 
 
18/20  (7)
Sensação 
 
4/5  (7)
Conjunto 
 
9/10  (7)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
(Atualizado: 09 de Abril de 2019)
Avaliação Geral 
 
4.4
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Nº 1634
Excelente cerveja.
Bela aparência, forma uma espuma pequena, levemente cremosa, boa quantidade de bolhas, marrom clara, deixa uma renda justa no copo e lágrimas de álcool ao girar o copo. Calma e opaca. Coloração preta.
Aroma delicioso, bem complexo, malte intenso, um tanto cacau, meio tostado, meio café, meio torrado e leve caramelo. Lùpulo bem leve, leve flores. Álcool entre leve e médio. Ainda um tanto ameixa seca, madeira, meio coco, vinho do porto, leve licor, traços de cereja e baunilha.
Sabor delicioso, complexo, longa duração, doçura inicial entre leve e moderada, amargor intenso, álcool médio, reflete bem as notas maltadas, de madeira e alcoólicas do aroma, com torrado, cacau e madeira aparecendo bem com toques de carvalho e bourbon.
Corpo intenso, textura levemente cremosa, carbonatação média, final duradouro, meio picante e amargo.

Destaque para a complexidade e harmonia do perfil do aroma e do sabor.
Cheers!

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
Bodebrown
Preço
R$ 38,90
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Cerveja preta, sem qualquer translucidez, espuma cobre, muito escura, pequena formação. Aroma de chocolate amargo, frutas secas, amadeirado e claro, cereja. No sabor, uma cerveja marcante, toque da cereja, amadeirado, ameixa seca, final longo. Baixa carbonatação. Bem diferente.

Detalhes

Degustada em
29/Setembro/2017
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.7
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
10/10
Servida na taça apresentou coloração preta com espuma marrom clara de ótima formação e longa persistência. No aroma temos chocolate ao leite, licor Mozart, cerejas ao marrasquino e irish coffe. Na boca as notas permanecem, complementadas por madeira, baunilha, ameixas em calda, ginjinha portuguesa e vinho Moscatel de Setúbal. Tem ótimo corpo, carbonatação amena e textura licorosa. Um primor.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
290 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Colaboração com a Great Divide. Bebida na cervejaria.
Cor marrom bem escura com uma espuma fina e densa de cor caramelo de duração decente.
Aroma com notas predominantes de cerejas, chocolate escuro, alcaçuz, baunilha e ácido lático.
Sabor com notas de chocolate escuro, uma quantidade decente de cerejas, pimenta do reino, cacau, pinho e madeira. Retrogosto seco e amargo com um final torrado e frutado de cerejas.
Corpo robusto aveludado com carbonatação perfeita. Álcool de 10% foi soberbamente bem escondido.
Uma RIS perfeitamente executada com notas de cacau e cerejas intensas. A colaboração com a Great Divide, que são especialistas no estilo, valeu a pena.
Ap.3,75 Ar.4,25 Sab.4,5 Sens.4,5 Cj.4,25

Detalhes

Degustada em
14/Julho/2017
Envasamento
Onde comprou
bodebrown
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 08 de Abril de 2017)
Avaliação Geral 
 
4.2
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Mais um rótulo da Bodebrown, cervejaria artesanal de Curitiba (PR) fundada em 2009.

WOOD AGED SERIES

Surgida em 2014, a linha propõe envelhecer rótulos já comercializados pela casa em barris de madeira que foram utilizados anteriormente na produção de bebidas como destilados e vinhos. As tiragens são limitadas e costumam esgotar em pouco tempo.

ATOMGA CHERRY WOOD AGED SERIES 2015

*Garrafa número 1073 de 1700.

Parte da linha "Wood Aged", tem como base a "Atomga" - uma 'Russian Imperial Stout' da linha regular desenvolvida em parceria com os cervejeiros norte-americanos Chris Kirk e Joyce Tyler - ambos com passagem pela renomada cervejaria Great Divide de Denver, no Colorado. Para a composição do rótulo, foi feito um 'blend' de 50% de cerveja envelhecida por 10 meses em barricas de carvalho americano previamente utilizadas por whisky bourbon com 50% da mesma cerveja envelhecida por 10 meses em barricas de carvalho americano previamente utilizadas por vinho tinto da Serra Gaúcha. Uma pequena quantia de cereja, adicionada aos barris no fim da maturação, completou o processo.

O nome "Atomga", por sua vez, faz referência a uma banda de Denver chamada "Atomga Afrobeat Band". Isso porque, durante as viagens que fizeram de van com os americanos pelo Brasil, costumavam ouvir o CD da banda.

Líquido absolutamente negro. Servido, forma uma camada fina e perene de espuma marrom escura.

Aroma proeminente de madeira mofada, passando por traços turfados, vínicos e minerais. Nuances de chocolate amargo, ameixa seca, bala de café e sutil vinagre insinuam-se em segundo plano. Alguma coisa aqui até me lembra aquele cheiro de algas deixadas na orla do mar após a ressaca.

Na boca, chama a atenção uma acidez pungente no início do gole. Ecos de vinagre e cereja azeda precedem notas de vinho tinto, madeira, torrefação e baunilha. Uma doçura caramelada de malte faz contraponto com sugestões de licor de cacau, café e chocolate amargo. Leve frutado, de ameixa seca, pontua em seguida. Álcool relativamente bem inserido. O final é longo, torrado, ao mesmo tempo ácido, salgado e amargo. Distinto gosto de barril e suave cereja marcam o retrogosto. De corpo alto, textura aveludada e carbonatação contida, tem drinkability reduzida.

Cerveja bem interessante. Após quase um ano de garrafa, o que se observa é uma espécie de 'Sour Stout' com madeira, mas sem bourbon.

Detalhes

Degustada em
07/Abril/2017
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
SIte oficial Bodebrown
Preço
R$ 32,90 + frete
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Ver todas as avaliações de usuários

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se