Cadastre-se

Dogfish Head Raison D'Etre

Mauricio Beltramelli 04 de Novembro de 2009
 
3.9 (17)
3415   0   3  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Dogfish Head Raison D'Etre

Informações

Álcool (%)
8% ABV
IBU
25
Ativa
Temperatura
Copo ideal

A deep, mahogany ale brewed with beet sugar, green raisins, and Belgian-style yeast. As complex as a fine, red wine.

Original Release Date: 12/1999

Food Pairing Recommendations: Steak, duck, game, wine-reduction sauces, Blue cheese, goat cheese, ham, mussels

Glassware Recommendation: Goblet or Snifter

Tasting Notes: pit fruit, decadent, winey, raisiney, malty

Wine Comparable: Amarone

Fotos

Avaliações dos usuários

17 avaliações

5 estrelas
 
(0)
 
(16)
 
(1)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10  (17)
Aparência 
 
4/5  (17)
Sabor 
 
16/20  (17)
Sensação 
 
4/5  (17)
Conjunto 
 
8/10  (17)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Coloração amarronzada, leve brilho. Espuma quase branca de boa formação e persistência.
Aroma é bem adocicado, caramelado, toque de canela e noz moscada, frutas passas, bem complexo,
Corpo médio alto, boa carbonatacao, sabor adocicado e bem condimentado, bem intensa, o toque de tosta é muito interessante, beira o defumado. Leve percepção alcoólica. After taste de frutas passas. Bela cerveja.

Www.panelademslte.blogspot.com

Detalhes

Degustada em
31/Janeiro/2014
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Total wine orlando
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
5/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
De cor maravilhosa de topázio imperial, entre âmbar e marrom, uma das cervejas mais lindas que já vi. Meio translúcida, elaborou um creme bege farto, que se reduziu aos poucos.
O aroma remete a vinho doce, açúcar mascavo, passas claras e grãos torrados.
Seu sabor é adocicado, com caramelo, frutado e quê de vinho. Há ainda uma certa sensação torrada.
Corpo médio e licoroso e carbonatação leve.
Muito boa cerveja, é bem diferente de forma positiva.

Detalhes

Degustada em
17/Janeiro/2014
Envasamento
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Cor âmbar amarronzada com uma espuma fina de baixa duração.
Aroma frutado de figos, uva passa, melaço e caramelo. Toques de lúpulos terrosos, álcool e condimentos.
Sabor de uvas, açúcar mascavo, uva passa o que é bem predominate aqui, tâmaras, rum caribenho, ameixas e maltes tostados. Toques de pimenta do reino, lúpulos terrosos e canela. Retrogosto seco com um bom amargor relativamente pelo estilo.
Corpo médio com boa carbonatação. Álcool de 8% ABV está completamente escondido no sabor.
Sabor complexo e bem único, pareceu-me uma mistura de uma English Bitter, uma Brown Ale e uma Belgian Dark Ale. Cerveja interessante, especialmente se você está com vontade de algo diferente.

Detalhes

Degustada em
26/Julho/2013
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Eataly Birreria em NY
Preço
R$4,57
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
Cerveja âmbar escura (cor de guaraná), com creme denso mas pouco persistente. O aroma conta com notas de caramelo levemente queimado e algo floral. O sabor é de biscoito, coco torrado e caramelo. É encorpada, a ponto de ser licorosa, além de ser pouco efervescente. Sensacional.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
EUA
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 29 de Outubro de 2012)
Avaliação Geral 
 
4.3
Aroma 
 
9/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
17/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
9/10
A Raison D'Être da cervejaria norte-americana Dogfish Head é uma Strong Ale, elaborada com a utilização de açúcar de beterraba e passas, além de fermento belga. Esta minha garrafinha repousou quase 2 anos em guarda em minha coleção, então deve apresentar uma bela de uma evolução.

O visual dessa cerveja é bastante elegante. Ela possui uma coloração bastante escura, entre mogno e avermelhado/rubi. Levemente turva, ela exibe pouca efervescência e nada de sedimentos. Lembra vagamente uma Red Ale. Forma uma camada apenas mediana, pouco espessa, de creme claro, com minúsculas bolhas, que rapidamente se dissipou restando fina película permanente sobre o líquido. Deixa um lacing bastante cremoso e fugaz ao redor da taça.

Quanto ao aroma, ele é rico e intenso. Desprende uma coleção de notas sofisticadas, como passas, figos e ameixas (frutas secas em geral) e condimentos como canela, cravo, baunilha e açúcar mascavo. Conforme esquenta, ela libera mais sensações de berries como cerejas, groselhas e cassis. A presença de fermento belga é realmente notável, difícil de ignorar. Há também notas mais simples como malte tostado, madeira envelhecida, chocolate, cookies/fudge, castanhas/avelãs e até mesmo lúpulo herbal/terroso. Conjunto bastante complexo e vinoso/picante (por conta do álcool). Sem off-flavors perceptíveis. Muito fora do comum, lembrando realmente vinho tinto!!!

Na boca, ela é bastante adocicada e esterificada, mas mantém a complexidade sofisticada e vinosa do aroma. Ocorrem muitas sensações de frutas secas e de berries, sempre acompanhadas ao fundo por uma onipresente característica maltada/tostadinha que confere suave amargor ao conjunto, principalmente ao final do gole. Ainda assim, não há equilíbrio (e nem se pretendia que houvesse). Percebem-se pontadas de quentura alcoólica e de condimentos picantes como canela e pimenta-do-reino. Retrogosto seco e defumado, muito persistente, que surpreende por se distanciar do paladar, trazendo sensações de chocolate/cappuccino/espresso, cereal queimado/defumado, madeira, fumo e baunilha. Cerveja muito encorpada, com textura aveludada e macia, mas não oleosa. Sua carbonatação é média/fraca, com baixa crocância. O álcool é forte, perceptível, mas definitivamente não destoa e é muito adequado para a complexidade apresentada. A drinkability é apenas razoável/limitada, pois a variedade e a potência das notas sensoriais tornam o gole pesado, difícil de tomar em grande quantidade. Contudo, ela é muito saborosa e com personalidade realmente intensa.

Desnecessário reforçar que essa Dogfish Head Raison D'Être vale cada centavo. Seu aroma é simplesmente primoroso, bem como seu paladar. Uma coisa notável é que ela é extremamente precisa em sua proposta de ser frutada e condimentada. As notas são realmente potentes e nítidas, porém abrindo leque para amplas sensações periféricas. Não se sente apenas passas, mas sim toda uma gama de frutas secas. O mesmo vale para o açúcar de beterraba em relação aos demais condimentos. Com isso, quem ganha é a complexidade. Possui pouca semelhança com outras Belgium-style Strong Ale. Na verdade é até uma tarefa ingrata classificá-la em algum estilo. E isso é irrelevante. Ela é muito boa, totalmente destacada e merece degustação. Altamente recomendada!!!

Detalhes

Degustada em
29/Outubro/2012
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Importação
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Ver todas as avaliações de usuários

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se