Cadastre-se

Flying Dog Kerberos Tripel

Mauricio Beltramelli 10 de Dezembro de 2009
 
3.6 (23)
3484   0   1  

Avaliações dos usuários

23 avaliações

5 estrelas
 
(0)
 
(16)
 
(7)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
7/10  (23)
Aparência 
 
3/5  (23)
Sabor 
 
15/20  (23)
Sensação 
 
3/5  (23)
Conjunto 
 
7/10  (23)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
De volta ao item
23 resultados - mostrando 1 - 5
1 2 3 4 5
Ordenar
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10
Não deixa de ser uma Tripel, mais realmente esperava mais, já que a maioria das Flying Dog são de excelente qualidade. A começar pela coloração ambar turvo avermelhado, com aroma de damasco seco e maltes de forma bem intensa e notas herbáceas finais.No sabor notas adocicadas do damasco, canela, cravo e nozes propriamente comum e esperado para o estilo, o alcool não é tão perceptível tendo um corpo médio e final seco, porém de alta a média drinkability... Falto alcool e um corpo um pouco mais aveludada, se saiu um pouco suave para uma Tripel, o que faz ela ficar pra trás em relação a suas concorrentes belgas.

Detalhes

Degustada em
06/Agosto/2011
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Asterix Bar
Preço
R$25,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
8/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Coloração turva, entre âmbar e dourada. Creme pequeno, pouco persistente. Notas herbáceas de lúpulo, notas frutadas (possivelmente damascos), notas de fermento e talvez um pouco de vinho tinto. Doce e alcoólica, final amargo. Muito boa.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
355 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 1
(Atualizado: 11 de Junho de 2011)
Avaliação Geral 
 
3.5
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
14/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
7/10
Essa Kerberos possui uma coloração laranja-escuro bem forte, quase turva e com um pouquinho de sedimentos ao fundo da taça. Formou uma camada mediana de creme claro, mas que rapidamente assentou, restando apenas uma película clara sobre a bebida. No entanto, deixa um lacing razoável.

Seu aroma começa pendendo bem para o frutado e para o cítrico. Ele libera com facilidade notas de laranja, limão, grapefruit, manga, frutas cristalizadas, damasco. Seu lúpulo é herbal e com traços de terroso. Possui alguns elementos típicos de Tripel, como a presença de fermento belga e um pouco de condimentado (cravo/coentro). Há uma doçura de mel e biscoito ao fundo, mas bem menos perceptíveis.

Na boca, traz um paladar adocicado e esterificado/frutado, como sentido no aroma. As notas cítricas e condimentadas estão sempre presentes, junto com as notas frutadas e forte picância (não somente do lúpulo, mas também do álcool). Final do gole contrabalanceia a doçura do próprio gole com um amargor terroso e abrupto. Seu retrogosto é, então, seco, quente/picante e persistente, remetendo não somente a frutado e a citricidade/lúpulo, mas também (curiosamente) a algo de torrefação/defumado. Seu corpo possui uma textura sedosa; sua carbonatação é média/alta, um pouco mais crocante do que o ideal. Álcool, em geral, bem inserido, mas que aparece em pontadas picantes durante certos momentos do gole e do retrogosto. Drinkability mediana, pois é desequilibrada (malte pouco aparece durante toda a degustação) e seu caráter pode, então, se tornar enjoativo.

É um rótulo interessante, em que a Flying Dog busca fazer uma releitura de uma clássico estilo belga, com algumas particularidades da Escola Americana. No entanto, achei que foi dada uma ênfase muito grande ao lúpulo e acabou faltando mais aspectos relacionados a malte ou a cereais. Faltou um pouco de doçura caramelada e de toffee. Porém sobrou uma secura lupulada. Essa cerveja certamente irá desagradar os mais puristas ou fiéis a estilos. É uma boa bebida, mas passa longe de ser referência no estilo.

Detalhes

Degustada em
11/Junho/2011
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Empório Frei Caneca
Preço
R$18,90
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.6
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10
Coloração âmbar levemente turva. Creme branco que, embora tenha marcado toda a extensão do copo, sumiu em menos de trinta segundos. Aroma agradavelmente frutado, com nuances herbais de lúpulo e também de damasco. Na boca, é possível sentir o calor alcoólico do líquido, com notas frutadas bem perceptíveis, novamente lembrando damascos. O final é persistente, frutado e quente, com o álcool arranhando discretamente as paredes da garganta. Ela acabou ficando um pouco enjoativa, principalmente depois de esquentar, ainda assim é uma boa representante do estilo e uma boa pedida para uma deliciosa harmonização.

Detalhes

Degustada em
15/Maio/2011
Envasamento
Volume em ml
355 ml
Onde comprou
Mamãe Bebidas
Preço
19,90
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.2
Aroma 
 
6/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
13/20
Sensação 
 
3/5
Conjunto 
 
7/10
Uma boa Tripel mas não me impressionou muito... Coloração laranja turva com a presença de partículas. Creme de media formação e baixa persistência... Aroma e sabor doce frutado com a presença de álcool e certo amargor final.

Detalhes

Degustada em
01/Abril/2011
Envasamento
Volume em ml
330 ml
Onde comprou
St marche
Preço
R$ 15,00
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
23 resultados - mostrando 1 - 5
1 2 3 4 5

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se