Cadastre-se

Abadessa Gose

Diego Bonatto
 
4.0 (9)
2307   0   2  
 
Escrever Avaliação
Adicionar a uma lista
Abadessa Gose
O estilo, proveniente da cidade de Goslar, na Alemanha, é um dos mais peculiares e antigos que existem. Sua história de mais de 1000 anos é cheia de mistérios, que envolvem bruxas e rituais pagãos da região. O mais antigo registro escrito existente de uma gosebier é de 27 de março de 1397, no Monastério de Ilsenburg na Alemanha. Na sua receita, ingredientes como coentro, sal e ácido lático, conferem à cerveja um sabor inusitado que pode até assustar os mais leigos.

Avaliações dos usuários

9 avaliações

 
(1)
 
(8)
3 estrelas
 
(0)
2 estrelas
 
(0)
1 estrela
 
(0)
Avaliação Geral 
 
4.0
Aroma 
 
7/10  (9)
Aparência 
 
4/5  (9)
Sabor 
 
16/20  (9)
Sensação 
 
4/5  (9)
Conjunto 
 
8/10  (9)
Para escrever uma avaliação por favor registre-se ou .
Ver todas as avaliações Ver as mais úteis
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
16/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Festival Nacional da Cerveja Blumenau - 2015

Detalhes

Envasamento
Onde comprou
Festival Nacional da Cerveja Blumenau - 2015
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
(Atualizado: 29 de Março de 2015)
Avaliação Geral 
 
3.9
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
9/10
Minha primeira degustação do estilo Gose. No aroma temos floral, nuances cítricas, fermento e coentro; as notas olfativas remetem a uma witbier cítrica. Na boca é mais complexa, ácida e assertiva com notas de uva sauvignon blanc, kiwi, herbal, erva cidreira, limão e leve pimenta do reino branca. Breja muito interessante e refrescante.

Detalhes

Envasamento
Onde comprou
Tasca Lupulina
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.7
Aroma 
 
6/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
Minha primeira cerveja neste estilo. Devido a suas características, fica difícil comparar e avaliar. Mas dentro do meu paladar ela fez bonito, no momento inicial uma certa estranheza, mas depois foi um uma bela apreciação.

Detalhes

Envasamento
Volume em ml
300 ml
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
4.1
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
4/5
Sabor 
 
18/20
Sensação 
 
4/5
Conjunto 
 
8/10
- APARÊNCIA: dourada turva, creme marfim com meio dedo.
- AROMA: parece que estou cheirando uma pilsen com sal, malte, grãos.
- SABOR: pilsen com sal, salgado de leve a médio, mas equilibrado, sem agredir, acidez média, amargo médio, doce quase inexistente.
- SENSAÇÃO NA BOCA: carbonatação média, corpo médio leve.
- CONJUNTO: inusitado estilo, minha primeira vez e excelente cerveja.

Detalhes

Degustada em
15/Novembro/2014
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Curso de Sommelier no Brejas - Campinas
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 0 0
Avaliação Geral 
 
3.8
Aroma 
 
7/10
Aparência 
 
3/5
Sabor 
 
15/20
Sensação 
 
5/5
Conjunto 
 
8/10
Releitura equilibrada e refrescante do histórico estilo alemão. A receita prima pela dosagem milimétrica dos ingredientes, que faz com que tudo esteja no seu perfeito lugar: malte, lúpulo, coentro, acidez e salgado se misturam de forma equilibrada, sem nenhum elemento tomar a frente e ofuscar os demais. A coloração dourada-clara, levemente turva, com excelente creme, lembra a de uma witbier, semelhança que se prolonga pela degustação. O aroma é complexo, agradável e ao mesmo tempo bem sutil: pão branco, fermento, uma sensação cítrica-apimentada de sementes de coentro que vai se intensificando ao longo da degustação, limão e laranja, banana-verde, um lúpulo lembrando camomila e pimenta, que remete ao Saaz (não sei qual variedade foi usada na receita). Tudo sutil, sem que nada chame a atenção. Na boca, doçura e amargor se complementam com uma acidez lática contida e suave, e o paladar é ressaltado pela sensação salgada sutil (como quando se adiciona sal a uma sobremesa apenas para "avivar" o paladar). O final é seco, amargo, levemente ácido e salgado, muito apetitoso, o que lhe dá excelente vocação para aperitivo. O corpo é mediano, com sensação de preencher a boca por conta do sal. No conjunto, é uma interpretação conservadora, mas muito bem feita do estilo. Não vai cativar quem espera encontrar de forma mais evidente os elementos que caracterizam o estilo. Na verdade, lembra muito uma helles com coentro e um pouco mais ácida. Boa pedida para um aperitivo refrescante.

Detalhes

Degustada em
28/Outubro/2014
Envasamento
Volume em ml
500 ml
Onde comprou
Empório Laura Aguiar
Preço
R$ 23
Denunciar esta avaliação Comentários (0) | Considera esta avaliação útil? 1 0
Ver todas as avaliações de usuários

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]

Cadastre-se