Blog do BREJAS

Brasil: terra de grandes oportunidades para cervejas que não impressionam, mas que também não ofendem

Comments
2.448 visitas
enhanced-buzz-6492-1330456564-1
Foto: captiontool.com

Sabe aquela cerveja com viés artesanal que você beberia a tarde toda em uma confraternização com amigos, num churrasco ou mesmo sozinho sem que pra isso você não precisasse abraçar o cheque especial? Daquelas que a qualidade não impressiona, mas que também não ofende? Pois é. Até alguns anos atrás eu diria que a única que enquadraria neste range era alguma Eisenbahn.

Entretanto, o mercado como um todo cresceu e a Eisenbhan não acompanhou as expectativas dos consumidores (principalmente depois de sua aquisição pela Schin e posteriormente pela Brasil Kirin). Ficando estagnada com o seu portfólio que já passa dos 10 anos de idade sem praticamente nenhum lançamento relevante. Ou seja, ao passo que mais pessoas começaram a desbravar o mundo das artesanais mais cobranças por cervejas acessíveis ($$$) e de qualidade aceitável  se tornaram praticamente uma unanimidade na cena cervejeira.

Contudo, por diferentes razões (investimentos tímidos, sistema tributário, atravessadores, margens questionáveis de cervejarias que produzem para ciganas e também de PDVs etc) esse vácuo teimava em existir. Porém tudo indica que tal cenário começou a passar por uma mudança. Recentemente chegaram ao mercado algumas cervejas artesanais que custam abaixo de R$ 10 e que entregam um conjunto sensorial bem honesto. Destaques para a brasileira Maniacs IPA (comercializada como Session IPA  mas que na verdade é uma APA) e a sueca Pistonhead Flat Tire.

photogrid_1477569234899Foto: Divulgação

E como a Maniacs vem conseguindo trabalhar sua cervejas de entrada com preços tão agressivos? Algumas das explicações passam pela escala de produção – enquanto a maioria das pequenas cervejarias (especialmente as ciganas) produzem bateladas de 2 mil litros, a Maniacs começou com 25 mil – e também pelo fato deles contarem como uma rede de distribuição própria.

Resumindo: se mantiverem a consistência e os preços, certamente essas cervejas terão espaço cativo nos copos de grande parte do mercado cervejeiro. E naturalmente abrirão caminho para outras cervejarias que adotarão estratégias parecidas. Além disso, é bom frisar que o mercado brasileiro tem espaço para quase todas as propostas. Para finalizar: ao menos que você seja o  Guilherme Tosi (o cara que toma mais Rizoma do que Omeprazol :o) ), ter algumas brejas mais em conta pra substituir a Heineken velha de guerra nos churras da vida, me parece algo animador, não é mesmo?


FiL CruX
Beer Sommelier ávido por cervejas *A+* . É também um apreciador de música extrema e colecionador de miniatura de carros da PSA.

Tá orgulhoso da sua varanda gourmet? Tem certeza?

Comments
2.502 visitas

Então você finalmente tem aquela varanda gourmet. Churrasqueira bacana, decorou com aqueles posters de cerveja, enfileirou sua coleção de latinhas, fez aquele painel com as tampinhas das cervejas que você já tombou ao longo do tempo.

Dedicou-se a cada detalhe, minuciosamente. Estudou a melhor estratégia para montar o carvão, pesquisou qual seria a melhor grelha, a altura perfeita para que, quando tudo estivesse combinado, a temperatura seria a ideal para grelhar aquela carne.

Bem, não preciso nem perguntar então que você, como um grande apaixonado por cerveja, se preocupou com a mesma intensidade e dedicação em buscar a melhor forma de ter um espacinho para as suas cervejas ali também, certo?

Hummmm… parece que tem gente se esquecendo do essencial

Vemos muita gente por aí se vangloriando do seu espaço gourmet. Geralmente é a varanda gourmet, muito popular nos dias de hoje, mas as vezes é também aquela cozinha americana integrada com a sala, aquele puxadinho bacana no quintal de casa.

Porém, vemos uma falha clássica: faltou pensar na cerveja!

Essa galera, que tanto se orgulha do seu espacinho gourmet, continua tendo que ir buscar a cerveja na geladeira da cozinha. Continua tendo que fazer o malabarismo entre congelador e geladeira, seja por falta de espaço, seja porque a geladeira não gela na temperatura ideal ou leva tempo demais e a opção de usar o congelador faz a sua cerveja congelar. Tem aqueles ainda que dão um jeito e usam a pia como um baldão, enchem de gelo e metem a cerveja lá dentro. Ou então apelam pra caixa de isopor, seu eterno aliado. Quem já viu esta cena sabe como é: água pingando pra todo lado, cerveja escorregando, mãos machucadas pelo gelo.

Tudo isso nós consideramos improviso. Faltou pensar na cerveja! Você deve estar se perguntando: e o que é pensar na cerveja com carinho, para seu espaço gourmet ou até mesmo sala da sua casa?

Você consegue fazer melhor que isso!

Então, meu amigo, nós sabemos que você pode fazer melhor que isso. Nós sabemos que você ama churrasco, mas que ama ainda mais a sua cerveja.

É por isso que vamos dar uma dica simples, mas estupidamente bem pensada, do que fazer nestes casos.

A Cervejeira Consul!

cervejeira-consul-2

Com investimento de cerca de R$ 1.990,00 você pode ter em seu espaço gourmet uma Cervejeira que é também peça de design! Compacta, cabe em qualquer lugar, fica ótima até mesmo na sala. E melhor: gela sua cerveja no ponto que você mais gosta, com 5 regulagens que vai de 5 a -4 graus Celsius.

A cervejeira da Consul oferece várias características ímpares: prateleiras ajustáveis para latas, garrafas, barril, de vários tamanhos; controle de temperatura com 5 regulagens; frost free, não congela, como acontece com o seu congelador.

Mas… vamos ser sinceros: que Cervejeira bonita! Ter uma dessas em casa é motivo de orgulho. Dá vontade de chamar os amigos pra beber em casa todo dia. É pra colocar ao lado daquela cadeira ou sofá do qual você nunca sai, pra poder pegar mais uma cerveja sem nem levantar. Se você achava que seu espaço gourmet era bonito, nem imagino como vai ficar com uma dessas por lá. E o melhor, sempre cheia com a sua cerveja preferida, na temperatura ideal, aquela que você mais gosta.

Saiba mais em http://www.consul.com.br/cervejeiras e compre a sua.

cervejeira-consul

Primeira Oktoberfest paulistana organizada pela cervejaria alemã Paulaner atrairá 5 mil pessoas no final da semana

Comments
2.444 visitas

mass_paulaner02

Marcada para os dias 14 e 15 de outubro no Esporte Clube Pinheiros, a maior festa cervejeira do mundo terá uma “filial” na capital paulista. Assim como na Alemanha, comidas típicas, músicas, danças, animação e mais de 25 mil litros da cerveja alemã Paulaner, vindos em barris diretamente de Munique, irão animar os “oktoberfesteiros”.

Para ter o direito de organizar a festa fora da Alemanha, os organizadores brasileiros tiveram de cumprir uma longa lista de exigências vindas das terras germânicas. Tudo foi meticulosamente planejado para que a experiência dos visitantes fosse a mais parecida possível com a da Oktoberfest original, que acontece todo ano na capital bávara.

O rigor não é à toa. Fundada em 1634 por uma ordem monástica católica, a cervejaria Paulaner é uma das seis cervejarias oficiais da Oktoberfest, e se confunde com a própria história centenária da festa, que começou muito depois, em 1810. Hoje, o grupo cervejeiro germânico é um dos mais bem sucedidos na Alemanha e no mundo,

Na primeira versão paulistana da “Oktober”, além da cerveja puro-malte com receita especial elaborada especialmente para o evento, a animação na pista será comandada por renomadas bandas como Junkie Box, Banda Mandau e Banda Prost, além dos Djs Maia (rádio 89 FM), Feel Groove e Mr. Monkey. O cuidado com as atrações também evidencia a vontade dos organizadores e da cervejaria para que a festa ocorra todos os anos, e se transforme em um marco no calendário da cidade.

Serviço

1º Oktoberfest Paulaner Brasil

Datas: Dias 14 e 15 de outubro

Local: Esporte Clube Pinheiros

Endereço: A entrada até as 22 horas será feita pela Rua Tucumã, 36. Após as 22 horas, os foliões entrarão pela Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2500.

Horários: Sexta das 16h às 2h e sábado das 15h às 1h.

Ingresso no site da Ticket 360: http://bit.ly/2b1zdz2

PREÇOS:

– 14/10 (sexta): Pista R$ 90,00 / Camarote R$ 400,00
– 15/10 (sábado): Pista esgotado / Camarote R$ 440,00
*Cota de meia entrada esgotada.

 

Atrações e Agenda

– Comidas típicas

– Bandas (Banda Junkie Box, Banda Mandau e Banda Prost)

– Djs (Dj Maia 89 FM, Feel Groove e Mr. Monkey)

 

Sexta – 14/10/2016

  • 16h00 – Abertura do evento
  • 18h30 – Banda Mandau
  • 21h00 – Banda Junkie Box
  • 01h – Encerramento

 

Sábado – 15/10/2016

  • 13h00 – Abertura do evento
  • 17h30 – Banda Mandau
  • 19h45 – Banda Prost
  • 22h15 – Banda Junkie Box
  • 01h – Encerramento

 

Horário de abertura do camarote:

– Camarote Dia 14 à partir das 17:30Hs

– Camarote dia 15 à partir das 17:00Hs

*Camarote de entrada única e acesso liberado à pista.

 

Cozinha Oficial BERNA com pratos típicos Alemães, Chopp Paulaner, água, sucos e refrigerantes.

Apoio: Berna

Patrocínio: Prevent Senior

Realização: Big Entretenimento

Menores de 14 anos acompanhados dos pais não pagam ingresso. Maiores de 14 anos, acompanhados dos pais, pagam ingresso normal, ou meia entrada de acordo com a comprovação.

 

Informações para Imprensa:

Comunicália Conteúdo Coletivo

Daniella Fernandes – Cel e Whats App (11) 9 9717 3300 [email protected]

Cláudia Santana – Cel e Whats App (11) 99910-5893 – [email protected]

Cervejaria alemã Paulaner organiza primeira Oktoberfest em São Paulo

Comments
21.497 visitas

mass_paulaner01

Venha conhecer a cultura alemã, com 25 mil litros de cerveja, música e comidas típicas

Fundada por São Francisco de Paula na Alemanha em 1634, a cervejaria alemã Paulaner, uma das seis cervejarias oficiais da Oktoberfest de Munique (Alemanha), finalmente vai realizar a sua versão da festa na capital paulista, nos dias 14 e 15 de outubro. Com as mesmas atrações da festa germânica – música e pratos típicos alemães de receitas seculares –, a expectativa é atrair mais de 5 mil pessoas à megatenda armada na Sociedade Hípica Paulista.

Os organizadores brasileiros tiveram que provar aos alemães que teriam capacidade para organizar uma festa desse porte, e respeitando cada aspecto das tradições centenárias da “matriz” alemã. “Negociamos por alguns anos a liberação desta festa em São Paulo. Somente com extrema atenção aos detalhes conseguimos a aprovação da Paulaner na Alemanha”, completa Luiz de Lucca, sócio da BIG Entretenimento empresa que realiza o evento.

E os detalhes foram preparados com extrema atenção, pra causar uma bela impressão aos visitantes, a fim de fazer com que a festa aconteça nos anos seguintes. Pra não deixar nenhuma garganta sedenta, nada menos do que 25 mil litros de cerveja da marca foram importados em barris. A bebida, que é uma receita especial para a data, é feita 100% com malte de cevada e teor alcoólico de 6,0%. A Paulaner se orgulha em dizer que a cerveja, do tradicionalíssimo estilo Märzen, não contem nada além de água, malte, lúpulo e levedura, seguindo a lei de pureza alemã de 1516.

Haverá, claro, danças típicas, ambiente familiar e muita música de qualidade na pista, a qual será comandada por renomadas bandas como Junkie Box, Banda Mandau e Banda Prost, além dos Djs Maia (rádio 89 FM), Feel Groove e Mr. Monkey. O caráter eminentemente familiar da Oktoberfest, uma tradição na Alemanha, será também reproduzido em terras paulistanas. “Queremos mostrar para o paulistano e para as pessoas que visitam São Paulo esse conceito tradicional, familiar e muito divertido, de se sentar à mesa para conversar e celebrando a vida ao sabor de uma grande cerveja”, explica Kiko Flaquer – Diretor do evento.

A cervejaria Paulaner é ainda mais antiga do que a Oktoberfest, tradicional festa germânica que acontece em Munique desde 1810. Hoje, é uma das seis cervejarias oficiais do evento, e fora da festa é um dos grupos mais bem sucedidos de cervejaria na Alemanha, com presença significativa no mercado internacional. O que explica o cuidado com que a primeira Oktoberfest paulistana foi organizada, e já se transforma em um marco no calendário da cidade.

Serviço

1º Oktoberfest Paulaner Brasil
Datas: Dias 14 e 15 de outubro
Local: Esporte Clube Pinheiros.
Endereço: A entrada até as 22 horas será feita pela Rua Tucumã, 36. Após as 22 horas, os foliões entrarão pela Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2500.
Horários: Sexta das 16h às 2h e sábado das 15h às 1h.

Ingresso no site da Ticket 360: http://bit.ly/2b1zdz2

Preços: R$ 45 meia entrada, R$ 90 inteira, R$ 400 camarote all inclusive (somente para maiores de 18 anos)

Atrações e Agenda
– Comidas típicas
– Bandas (Banda Junkie Box, Banda Mandau e Banda Prost)
– Djs (Dj Maia 89 FM, Feel Groove e Mr. Monkey)

Sexta – 14/10/2016
· 16h00 – Abertura do evento
· 18h30 – Banda Mandau
· 21h00 – Banda Junkie Box
· 01h – Encerramento

Sábado – 15/10/2016
• 13h00 – Abertura do evento
• 17h30 – Banda Mandau
• 19h45 – Banda Prost
• 22h15 – Banda Junkie Box
• 01h – Encerramento

Horário de abertura do camarote:
– Camarote Dia 14 à partir das 17:30Hs
– Camarote dia 15 à partir das 17:00Hs
*Camarote de entrada única e acesso liberado à pista.

Cozinha Oficial BERNA com pratos típicos Alemães, Chopp Paulaner, água, sucos e refrigerantes.
Apoio: Berna
Patrocínio: Prevent Senior
Realização: Big Entretenimento
Menores de 14 anos acompanhados dos pais não pagam ingresso. Maiores de 14 anos, acompanhados dos pais, pagam ingresso normal, ou meia entrada de acordo com a comprovação.

Informações para Imprensa:
Comunicália Conteúdo Coletivo
Daniella Fernandes – Cel e Whats App (11) 9 9717 3300 [email protected]
Cláudia Santana – Cel e Whats App (11) 99910-5893 – [email protected]

Resultados do World Beer Awards 2016: Cervejas brasileiras entre as melhores do mundo

Comments
4.909 visitas

world-beer-awards-2016_logo

No concurso cervejeiro realizado anualmente na Inglaterra, a Cervejaria Hausen Bier, de Araras (SP), surpreende e se consagra como uma das grandes campeãs. Cervejarias Bierland, Colorado, Eisenbahn e Wäls também ganham prêmios dentro de categorias específicas. Confira as vencedoras:

OVERVIEW

World’s Best Dark Beer Deschutes, Mirror Mirror
World’s Best Flavoured Beer Rodenbach, Caractère Rouge
World’s Best Lager Hausen Bier, Dunkel
World’s Best Pale Beer Affligem, Blond
World’s Best Sour Beer Oud Beersel, Oude Gueuze
World’s Best Speciality Beer St-Feuillien, Grisette Blond Sans Gluten
World’s Best Stout & Porter La Voie Maltée, Criminelle
World’s Best Wheat Beer Hoepfner, Hefe-Weizen

World’s Best Design Birra Roma, Bionda

CATEGORY BREAKDOWN

WORLD’S BEST STYLES
Dark Beer
American Brown Ale Camba Hop Gun
Barley Wine Deschutes Mirror Mirror
Belgian Style Dubbel Wäls Dubbel
Belgian Style Strong Unibroue Trois Pistoles
Black IPA Birrificio della Granda Black Hop Sun
English Brown Ale St. Peter’s Dirty Tackle
Mild Pyynikin Klassikko Ruby Jazz Ale
Oud Bruin Rodenbach Vintage
Strong Novo Brazil Cookie Muncher

Flavored Beer
Chocolate & Coffee Colorado Demoiselle
Fruit & Vegetable Rodenbach Caractère Rouge
Herb & Spice Nasu Kohgen Beer Belgian White
Honey & Maple Bière du Vexin Ambrée au Miel
Smoke Bax Bier Koud Vuur
Spirit Gouden Carolus Indulgence 2015 – Whisky Infused
Wood Aged Samuel Adams Utopias 2015

Lager
Bock Hamovniki Bock-Bier
Czech-style Pale Pickup Truck Pilsner Bohemian Pilsner
Dark Hausen Bier Dunkel
Dortmunder Ketterer Edel
German-style Pale Waldhaus Diplom Pils
Helles / Münchner Chateau Kamiya Helles
Low Carb/Low Alcohol Waldhaus Sommer Bier
No Alcohol (0%) Alpirsbacher Alkoholfrei
Seasonal Alpirsbacher Kloster Zwickel
Strong Fujizakura Heights Beer Sakura Bock
Vienna Bierland Vienna

Pale Beer
Altbier Les Trois Mousquetaires Série Signature Sticke Alt
Amber Red Truck Beer Ale
Barley Wine Matilda Wheatwine
Belgian Style Ale Bootjesbier Bootje
Belgian Style Blonde Affligem Blond
Belgian Style Strong Dutch Bargain Imperial Pale Ale
Belgian Style Tripel Unibroue La Fin du Monde
Bière de Garde / Saison Anosteke Saison
Bitter 4% – 5% Deschutes Mirror Pond Pale Ale
Bitter over 5% BSA La Rossa del Gallo
Cream Ales Full Sail Session Cream Premium Summer Ale
Golden Chateau Kamiya IPL
Imperial IPA Colorado Vixnu
IPA Insel Brauerei Überseehopfen
Kölsch Flying Bison Buffalo Kolsch 716
Low-Strength Deschutes Hop Slice Session IPA
Pale Ale La Voie Maltée Faisant Malt
Seasonal Rivière d’Ain Thou

Sour Beer
Fruit Lambic Lindemans Blossom Gueuze
Gose / Others Prairie Artisan Prairie Flare
Gueuze Oud Beersel Oude Gueuze
Lambic Mort Subite Oude Gueuze Lambic

Speciality Beer
Brut / Champagne Oud Beerse006C Bzart Lambiek
Experimental Taiwan Head Brewers ?? Rain Water Tea Ale
Gluten-free St-Feuillien Grisette Blonde Sans Gluten Bio
Rice Yatsugatake Brewery Touchdown Kiyosato Lager
Rye Störtebeker Bio Roggen-Weizen

Stout & Porter
Flavoured Stout / Porter Redwell Brewing Kofra Stout
Imperial Stout La Voie Maltée Criminelle
Porter Bilboquet La Corriveau
Stout Deschutes Obsidian Stout
Strong Porter Harvey’s Prince Of Denmark
Sweet / Milk Stout Samuel Adams Cream Stout

Wheat Beer
Alcohol Free Alpirsbacher Weizen Isotonisch
Bavarian Hefeweiss Hoepfner Hefe-Weizen
Bavarian Kristal Kumpf Kristall Weizen
Belgian Style Witbier Jopen Adriaan
Dark Ayinger Urweisse
Strong Eisenbahn Weizenbock

Página 2 de 31812345...102030...Última »

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja