Blog do BREJAS

10 Cervejas para apreciar no inverno

Comentários
7.447 visitas

Inverno6

Uma seleção de 10 cervejas pra esquentar o seu inverno

Já se foi o tempo em que o vinho era a única bebida consumida no Brasil pra espantar o friozinho invernal. Com a explosão das importações de cervejas e também a crescente oferta de ótimas brejas artesanais nacionais, há cerca de 5 anos o cenário mudou, e o brasileiro tem encontrado facilmente excelentes opções nas gôndolas e nos bares especializados além da batida loira gelada feita só pra refrescar.

Confira dez rótulos nacionais e importados selecionados pelo sommelier Mauricio Beltramelli, editor do BREJAS e autor do livro Cervejas, Brejas e Birras, pra acalentar o seu inverno. E delicie-se!

WÄLS PETROLEUM (Brasil)

Cerveja artesanal mineira no estilo Russian Imperial Stout com 12% de potência alcoólica. Segundo a receita desenvolvida pela cervejaria DUM, do Paraná, é produzida com diversos tipos de grãos escuros, e possui corpo aveludado, licoroso e denso. Aromas complexos de chocolate belga, café, toffee e caramelo. É maturada com cacau vindo da B[elgica. Harmoniza com carnes vermelhas, sobremesas à base de chocolate e sorvete de baunilha. Preço médio: R$ 20,00.

Trappistes Rochefort 10 (Bélgica)

Clássica cerveja belga elaborada mor monges da ordem Trapista na Abadia de Notre-Dame de St. Remy. Altamente encorpada e complexa, possui coloração acobreada escura e intensidade licorosa e caramelizada, ligeiramente picante e com notas frutadas de ameixa e cacau. A potência alcoólica (11,3%) realmente aquece! Preço médio: R$ 23,00.

Brooklyn Black Chocolate Stout (Estados Unidos)

Potente artesanal americana (10% ABV) com aromas lembrando café, chocolate, tostado, toffee e marshmallow. O complexo sabor traz sugestões de chocolate amargo, cappuccino e cerejas ao marasquino. Dá pra imaginar a harmonização com um tiramisú, e tem-se aí o nirvana. Preço médio: R$ 21,00.

Colorado Vixnu (Brasil)

Imperial Double IPA artesanal de Ribeirão Preto (SP) com rapadura na receita. Com teor alcoólico de 9,5%, é bastante lupulada graças à adição de lúpulos americanos, o que conferem a essa cerveja um delicioso equilíbrio entre o sabor de malte e as notas cítricas de maracujá. Preço médio: R$ 27,00.

Bodebrown Perigosa Imperial IPA (Brasil)

Continuando na linha das brejas hiperlupuladas, essa artesanal de Curitiba (PR) tem potentes 9,1% de álcool e intensos aromas de lúpulos nobres que lembram grama, resina e alguns toques cítricos remetendo a limão siciliano e grapefruit. As notas aromáticas se intensificam no complexo sabor, trazendo um amargor rascante e agradável. Preço médio: R$ 27,00.

Gouden Carolus Cuvée van de Keizer Blauw (Bélgica)

Uma das poucas cervejas que possibilitam a safragem ou guarda, e melhora através dos anos desde que armazenada em condições ideais. Os complexos aromas, bem como os sabores, vão de madeira, frutas vermelhas (especialmente cerejas) a vinho do porto. A consistência é deliciosamente aveludada. O final, longo, remete a malte torrado e leves toques florais. Balanceadíssima, não se percebe o álcool, embora ele esteja — bem — presente: 10,5% ABV. Preço médio: R$ 80,00.

Way Amburana Lager (Brasil)

Cerveja artesanal paranaense que recebe uma variedade de maltes importados, lúpulos alemães e é maturada na madeira brasileira Amburanas Cearensis, também usada para cachaças de qualidade. Por causa dessa característica, possui aromas intensamente amadeirados, fazendo soberbo par com a potência alcoólica de 8,4% ABV. Preço médio: R$ 25,00.

North Coast Old Rasputin (Estados Unidos)

A artesanal americana traz no aroma e no sabor elementos característicos do estilo Russian Imperial Stout: maltes tostados, café, chocolate, toffee, madeira, castanhas e frutas secas. A alta potência alcoólica (9% ABV) traz um aquecimento acalentador, enquanto a alta lupulagem contrabalança o conjunto. Preço médio: R$ 38,00.

Bambergerator (Brasil)

No tradicinal estilo alemão Doppelbock, essa artesanal de Votorantim (SP) conjuga maciez e aquecimento alcoólico (8,25 ABV). O rico aroma traz caramelo, toffee, amadeirado e um toque de ameixas em compota. Na boca, o dulçor característico convivem em surpreendente harmonia com os lúpulos aromáticos, uma novidade do estilo. Preço médio: 25,00.

Baden Baden Chocolate Beer (Brasil)

Mais novo lançamento da cervejaria de Campos do Jordão (SP), essa breja é a menos alcoólica da seleção, com apenas 6% ABV. Ela entrou na lista pela semelhança aromática com o chocolate, iguaria tipicamente procurada pelos brasileiros no inverno. A impressão de se estar comendo — ou bebendo — o doce vem da adição, na receita, de cacau em pó e extrato de baunilha. Preço médio: R$ 27,00.

Com essas e outras centenas de sugestões abarrotando o mercado brasileiro, está provado: Quem diz que cerveja não combina com inverno, definitivamente não entende nem de cerveja nem de inverno!

BREJAS entra na lista das principais redes sociais segmentadas do país

Comentários
356 visitas

Proxxima2

A revista ProXXima, uma das mais importantes do país sobre marketing digital, em sua edição deste mês, cita 15 redes sociais segmentadas. O mais bacana é que, dentre as citadas, somente 3 são brasileiras, e o BREJAS está entre elas.

O sucesso deste site se deve, além do nosso esforço e obstinação, aos nossos anunciantes e, principalmente, a você, nosso fiel leitor. Muito obrigado!

Proxxima1

Pão e Cerveja: Programa 215 – Um olhar americano sobre o mercado brasileiro de cervejas especiais

Comentários
707 visitas
Ken Grossman e Dick Cantwell: Olhar americano sobre o Brasil cervejeiro.

Ken Grossman e Dick Cantwell: Olhar americano sobre o Brasil cervejeiro.

CLIQUE AQUI PARA OUVIR

CLIQUE AQUI PARA OUVIR

O “renascimento” cervejeiro nos Estados Unidos se deu nos já longínquos anos 1980, época em que as primeiras cervejarias artesanais apareceram e floresceram por lá, fazendo com que mais e mais americanos se dessem conta da existência de estilos de cervejas diferenciados das velhas fizzy yellow beers de sempre e alçassem as cervejas especiais a estimados 7% de participação no bilionário mercado norte-americano. Por aqui, esse movimento ainda engatinha — não chega a 1% –, o que faz com que os americanos tenham muito a nos ensinar.

No programa de hoje, a jornalista Fabiana Arreguy conversa com os cervejeiros Ken Grossman (Sierra Nevada) e Dick Cantwell (Elisian Brewing Company), que lançam um olhar sobre o nascente mercado nacional de cervejas artesanais, elogiam nossas produções e também dão pitacos importantes para que cresçamos e apareçamos.

Empreender no mercado de cervejas especiais e suas dificuldades

Na Dica do BREJAS, eu teço algumas considerações sobre as exigências, os percalços e os requisitos para que um novo negócio na área das cervejas especiais possa deslanchar.

A coluna Pão & Cerveja vai ao ar todas as sextas-feiras às 11:45 da manhã pela rádio CBN de Belo Horizonte (106,1 FM). Ouça ao vivo o programa ou curta os programas anteriores gravados e disponibilizados aqui no blog pelo BREJAS.

IPA Day, a festa mais amarga do Brasil

Comentários
1.960 visitas

IPADay

Dezoito das mais amargas cervejas brasileiras reunidas no interior paulista

“Eu gostaria de convidá-lo a amargar com a gente a festa mais lupulada do Brasil”. É com essas palavras que Rafael Moschetta, um dos integrantes da Academia de Ideias Cervejeiras, convoca os chamados hopheads — amantes de cervejas com altos teores de lúpulo, ingrediente que confere amargor às brejas — para o IPA Day Brasil, festa a ser realizada em 3 de agosto próximo, em Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo, no Espaço Parthenon (Av. Independência, 5000), do meio-dia às 20 horas .

Até agora, foram reunidas dezoito cervejas no estilo IPA, ou India Pale Ale, conhecidas pelo amargor. “Juntamos as melhores IPAs fabricadas no País para oferecer uma verdadeira aula deste estilo, que é o favorito dos cervejeiros ao redor do mundo”, completa Moschetta.

Inusitado copo exclusivo do evento.

Inusitado copo exclusivo do evento.

A lista do amargor

Confira o plantel atualizado das brejas a serem degustadas à vontade na festa:

Bodebrown e Stone Cacau IPA
Bodebrown Black Rye IPA
Bodebrown Perigosa
Bodebrown Double Perigosa
Colorado Indica
Colorado Vixnu
Nacional Mula IPA
Dama IPA
Dortmund / Odell Session IPA
Dortmund The White IPA
Duas Cabeças Hi-5
Duas Cabeças MaracujIPA
Invicta Imperial IPA
Schornstein IPA
Seasons Green Cow
Seasons Holy Cow
Way American IPA
Way Double APA

“Nossa proposta é oferecer uma experiência divertida e educativa sobre a cultura cervejeira, para isso, cada participante receberá um livreto explicativo com a história do estilo India Pale Ale e todos os sub estilos presentes no evento — Imperial, American, English, Black, White e Session IPA. Neste livreto também vamos apresentar uma ficha técnica com as principais características de cada uma das 18 cervejas oferecidas à vontade na festa, inclusive com todos os lúpulos utilizados em cada uma delas, para que todos possam comparar e perceber as diferenças sensoriais entre eles”, explica Rafael. Ele ainda complementa que a Cervejaria Colorado irá oferecer uma versão especial e exclusiva para o evento da Colorado Vixnu, refermentada no barril.

Com o ingresso, o visitante terá à disposição um open bar de mais de 4 mil litros das brejas, além do inusitado copo oficial do IPA Day Brasil e água à vontade para hidratar-se. No palco, o rock e o blues ficarão a cargo das bandas Microbius Experience e Fred Sun Walk.

Em parceria com os restaurantes de Ribeirão Preto, a organização criou um cardápio cujas comidinhas — pagas à parte — harmonizam com as cervejas. Haverá também ponto de táxi na porta do evento, e os organizadores conclamam todos os visitantes a deixarem o carro em casa e curtirem a festa de maneira responsável.

Ingressos amargamente disputados

Os ingressos para o IPA Day Brasil estão sendo vendidos pela internet, além de vários outros pontos de venda em Ribeirão Preto, São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro. O Bar Brejas, em Campinas, casa controlada por este site, também está distribuindo os convites durante seu horário normal de funcionamento ao público. Outras informações sobre a festa estão disponíveis na página oficial do IPA Day Brasil no Facebook.

Festival Mondial de la Bière chega ao Brasil

Comentários
4.687 visitas

MondialBiereRJ

O festival Mondial de la Bière chega em novembro no Rio de Janeiro com 60 cervejarias e mais de 400 rótulos de cervejas especiais. O Festival Mundial da Cerveja é organizado pela Fagga GL Events Exhibitions, que investe R$ 5 milhões para trazer o festival pela primeira vez ao Brasil, e deve atrair 20 mil pessoas.

O Mondial de la Bière é realizado há 20 anos com sucesso em países como Canadá e França. No Rio, aproveitando o feriado nacional da Proclamação da República, o evento será realizado em uma área de 4,5 mil metros quadrados de 14 a 17 de novembro, no Espaço Ação Cidadania, no Centro.

Segundo o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja, o Brasil está entre os quatro maiores fabricantes de cerveja do mundo, com um volume anual de cerca de 10,3 bilhões de litros. A evolução de vendas do setor de 2008 a 2011, saltou 54% a mais em cervejas comuns e 79% em cervejas super premium. A estimativa do setor até 2014 é que as cervejas premium alcancem 20% das vendas totais do mercado.

Fonte: Fagga GL Events Exhibitions

Página 20 de 288« Primeira...10...1819202122...304050...Última »

Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja