Viagem e Cerveja - Onde beber na Alemanha

Munique

A fama dos alemães supera até mesmo a dos belgas em termos de fazer cerveja. Trata-se de um povo que está em segundo lugar no ranking dos maiores bebedores de cerveja “per capita” mundiais.

Não é à toa. A Alemanha possui mais de 1200 cervejarias ativas na produção de mais de 5 mil marcas. Contando as bebidas não-alcoólicas, a cerveja é a terceira mais consumida (depois de água e café). Os estilos de cerveja mais comuns no país são:

PILSEN (ou Pils): é o tipo de cerveja mais consumido no país. É servida nos copos em forma de tulipa ou troféu e famosa pela sua coroa cremosa de espuma.

WEISSBIER: é a cerveja de trigo, turva e com aromas florais e frutados, talvez a mais famosa cerveja alemã, a qual se bebe em canecões de 1 litro nos Birgartens da Baviera (veja o texto mais abaixo).


Hacker-Pschorr
Hacker-Pschorr Weisse, uma autêntica Weissbier bávara.

BOCK: Contém em média 7% a 7,5% de álcool, tem uma cor bem dourada e origens bávaras. Não é encontrada com facilidade por ser uma especialidade de temporada, sendo geralmente mais vendida em dias festivos, conhecida também como "bock de Natal".

ALT: Em Düsseldorf, que tem a fama de maior balcão do mundo, toma-se a Alt, que é mais escura e tem um frescor mais amargo, muito benquista no alto verão. Esta é servida em copos de 0,2 litro.

BERLINER WEISSE: É a favorita dos berlinenses: com um sabor um tanto ácido, ela tem cor um pouco turva e é servida em taças. Apreciada também quando adoçada com glucose de frutas silvestres, como a framboesa. Dica, assim, exótica entre as cervejas pelo seu visual colorido. Entretanto, insista em bebê-la pura, sem os xaropes de frutas, para poder apreciar este estilo que quase só é encontrado em Berlim.

Berliner Weisse natural    Berliner Weisse com xarope

SCHWARZBIER: Tem a cor preta dominante originada pelo uso do malte torrado. Até a metade do século passado, esta cerveja era a mais popular.

Hofbrauhaus
Schwarzbier da Hofbräuhaus

RUSS, RADLER, ALSTER: As cervejas mais escuras misturadas com coca-cola ou refrigerantes de sabor limão levam o nome de Russ. Já quando levam a cerveja do tipo Lager ou pilsen são chamadas de Bierbowle ou Radler. Quando as cervejas mais claras são misturadas com refrigerante de sabor laranja, chamam-se Alster. Existem as misturadas com tequila ou bebidas energéticas com alto teor de cafeína e também com sucos de banana ou de cereja (por exemplo a Bananenweizen ou a Kirschweizen).

Não dá pra falar em cervejas na Alemanha se não falarmos na região da Baviera, ao sul do país. Munique, a capital bávara, possui a mais antiga cervejaria em funcionamento do mundo (a Weihenstephan, de 1040) e a maior festa da cerveja do planeta, a famosa Oktoberfest. O “Paraíso da Cerveja” é o lugar na Alemanha onde você pode ver todos os estereótipos que você pode imaginar: O alemão pançudo de “lederhose” (traje típico bávaro), sempre com um caneco em riste, as alemãs de vestidos longos, e – mais que tudo – os Biergartens (jardins da cerveja).

Biergartens
Biergartens são verdadeiros "jardins da cerveja"

Trata-se de um espaço ao ar livre onde se bebe, se come os pratos típicos alemães, e sobretudo se confraterniza em grandes mesas comunitárias. É aí que a fama de “fechados” dos alemães vai definivamente embora... Uma visita a Munique fará você acreditar que os alemães – todos eles – passam o dia todo bebendo cerveja. E parece mesmo que eles bebem o tempo todo, todo dia, geralmente em canecões de 1 litro.

Berlin
Berlim

Foram os alemães bávaros que instituíram, em 1516, a famosa Reinheitsgebot, ou, para os íntimos, a Lei de Pureza da Cerveja, a qual determinava que a breja local só poderia, dali em diante, ser produzida utilizando-se apenas água pura, malte e lúpulo. Tudo isso só para se ter idéia do que a cerveja sempre representou para o povo alemão.

DICAS DO BREJAS

BREJAS já visitou vários Biergartens alemães, e recomenda alguns:

  • Torre Chinesa do Englischer Garten, em Munique: É talvez o maior biergarten de toda a Alemanha. Fica dentro do maravilhoso jardim central da capital bávara. Não tem erro: Entre no jardim e siga qualquer pessoa. Ela vai estar invariavelmente indo à Torre Chinesa. Aberto o ano todo, inclusive no inverno. Serve o chope da Hofbräu.

Torre Chinesa

  • Biergarten do Viktualienmarkt, em Munique: Fica no centro da capital bávara, no mercado ao ar livre mais bacana que você puder imaginar. Dizem os bávaros que você só conhece realmente o coração da Baviera se conhecer o Viktualienmarkt. A cerveja é a Paulaner.
  • Hofbräuhaus am Platzl, em Munique: Fica no jardim interno da que é, talvez, a cervejaria mais animada do mundo.

Hofbrauhaus

  • Biergarten da Alexanderplatz, em Berlim: Fica na praça mais movimentada da capital alemã. Se estiver viajando acompanhado, deixe a companhia feminina se divertir na C&A, logo em frente, e aproveite a cerveja Berliner Kindl, com um prato de “würst mit kartoffel” (salsicha com batatas-fritas), e se sentirá um verdadeiro alemão.

Berlin

Se os Biergartens são a alma bávara, os bares alemães – ou Bierstuben – não ficam atrás em termos de tradição. BREJAS também visitou vários deles, e indica:

  • Hacker-Pschorr Donisl, em Munique: Logo ao lado da Marienplatz, bem no centro da capital bávara, tem clima festivo e paredes pintadas com motivos folclóricos da Baviera, além de “chucrute-music” ao vivo.

Hacker-Pschorr Donisl

  • Augustiner Bierhalle, em Munique: Na Kaufingerstrasse, também no centro. Trata-se da mais antiga cervejaria da cidade. O clima é mais intimista e menos festivo. Não há bandinha de música, e a freqüência parece ser mais de locais. Imperdível.

Augustiner

  • Der Pschorr, em Munique: Localiza-se no canto do Viktualienmarkt. A cerveja Hacker-Pschorr é tirada diretamente do barril de madeira. Freqüência jovem e alegre, em ambiente muito agradável.

Der Pschorr

BERLIM

Em Berlim você encontrará uma variedade de marcas bem diferente do que em Munique. Portanto, não se espante por não encontrar HB, Paulaner, Hacker-Pschorr. As marcas que dominam a cidade são Berliner, Radeberger e Weistephaner.

Se preferir comprar suas cervejas para degustá-las em seu hotel ou albergue, ou então para trazê-las ao Brasil (saiba que você pode trazer até 24 garrafas legalmente), não deixe de visitar a maior loja de cervejas de Berlim, com cerca de 500 rótulos diferentes em garrafa, de diversos países, inclusive fora da Europa. Para beber no local, apenas algo próximo de 20 diferentes estão geladas em um pequeno frigobar..

Bier Spezialitaten em Berlim
Bier-Spezialitäten em Berlim

Cervejas Bier Spezialitaten
Interior da Bier-Spezialitäten

Bier-Spezialitäten-Laden

Karl-Marx-Allee, 56
Em frente ao metrô Strausberger Platz

MANTENHA SEUS OLHOS ABERTOS

Em Berlim, escontramos diversas boas cervejas, alemãs e de outros países, em lojas de conveniência, mercadinhos e supermercados. Ou seja, mantenha seus olhos abertos enquanto caminhar pelas ruas, investigue as geladeiras e prateleiras, você pode se surpreender.

Prost!

Tem dicas de cervejas alemãs ou de bares/pubs/ imperdíveis na Alemanha? Compartilhe-as conosco e com os demais leitores, enviando as suas barbadas e suas fotos (se as tiver) para o nosso e-mail brejas@brejas.com.br. Elas serão publicadas no site juntamente com as nossas, para alegria de todos os leitores do BREJAS.

Para deixar seus comentários, visite o correspondente post do Blog do BREJAS.


Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: brejas@brejas.com.br

Cursos do Brejas

Participe dos cursos de cerveja do Brejas

  • Fabricação de Cerveja Caseira
  • Estilos e Degustação de Cerveja