Lançamento: Eisenbahn Joinville Porter

Comentários
1.422 visitas
BREJAS com Ivan Steinbach, o vencedor da receita que virou cerveja da Eisenbahn

BREJAS com Ivan Steinbach, o vencedor da receita que virou cerveja da Eisenbahn

Você sabe o que dizer Gräbenwasser?

Ivan Steinbach, da catarinense Joinville, começou a fazer cerveja há apenas dois anos, movido até então pela pura curiosidade da tentativa, junto com seu primo Diogo Züge. Por desconhecimento, a primeira produção foi um fracasso retumbante.

Ao ver um líquido meio estranho fermentando no garrafão de plástico transparente, o pai de Ivan, um alemão empedernido, soltou a pérola: “Isso não é cerveja, é gräbenwasser!!!”. Em alemão, o termo significa, literalmente, água de sarjeta…

Ao invés de se abater, a dupla assumiu o nome, e batizou sua “cervejaria” caseira de Gräbenwasser. Logo vieram mais e melhores produções, ao passo que aprendiam a cada dia sobre a fabricação de cerveja.

Veio então o II Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn, evento que premiaria a melhor cerveja caseira com uma produção na fábrica. Não deu outra: Gräbenwasser na cabeça, com a deliciosa Eisenbahn Joinville Porter, desbancando outros concorrentes de peso como o carioca Leonardo Botto e o ribeirão-pretano Luiz Teixeira.

BREJAS esteve na última segunda-feira no lançamento da breja, que se deu no Bar Anhanguera, na capital paulista, e degustou a pretinha.EisenbahnJoinvillePorter2

A coloração é preta aveludada e a espuma é maravilhosa: bege, densa, consistente e persistente. No aroma e no sabor, um perfeito equilíbrio entre as notas doces dos maltes utilizados com um suave amargor de torrefação, mas nada agressivo. O aroma ainda presenteia com um discreto floral do lúpulo da variedade Styrian Goldings.

No sabor, o lúpulo de amargor Galena é perceptível, mas fica em segundo plano. Assomam, ao contrário, percepções de chocolate e torrado, além de um leve café. A carbonatação é na medida e o longo final também remete ao café e ao caramelo. Uma grande cerveja dentro do seu estilo, a qual impressiona também pela ótima drinkability.

O BREJAS, desde já, lança-se na campanha para que a cervejaria de Blumenau não deixe a ideia morrer e promova o terceiro Concurso Mestre Cervejeiro. É com iniciativas como essas que vamos continuar a alavancar a cultura cervejeira e o consumo de cervejas diferenciadas no país.

Coloração preta aveludada e a espuma é maravilhosa: bege, densa, consistente e persistente.
No aroma e no sabor, um perfeito equilíbrio entre as notas doces dos maltes utilizados com um suave amargor de torrefação, mas nada agressivo. O aroma ainda presenteia com um suave floral do lúpulo Styrian Goldings.
No sabor, o lúpulo de amargor Galena é perceptível, mas fica em segundo plano. Assomam, ao contrário, percepções de chocolate e torrado, além de um leve café.
O final é longo e também remete ao café.
Uma grande cerveja!

7 Respostas para “Lançamento: Eisenbahn Joinville Porter”


  • Eh a breja DEVE ser boa, mas quando ficara dipnivel para os mortais que naum tiveram acesso ao lançamento. Afinl de contas, tomar uma breja que mais ninguem pode eh sacanagem, CERVEJA PARA O POVO, ultimamente tem tido muitas reportagens de brejas inacessiveis e impossiveis, assim eh osso, podia rolar um conteudo acessivel brejas faceis de achar, eh legal saber das ultimas novidades, mas tah aprecendo o salão do automovel em sampa, ficamos só olhando.

  • 2 Luis Antonio Teixeira

    Parabéns ao Ivan que merecidamente faturou o prêmio e parabéns a Eisenbhan pela iniciativa desse concurso.
    Aqui em Ribeirão estamos todos ansiosos pela chegada da Joinvile Porter no Biergarten e torcendo para que haja o 3º concurso Mestre cervejeiro Eisenbhan.
    Um incentivo como esse da Eisenbhan não pode deixar de existir.
    Um abraço a todos.

  • Oi, Renato!
    Calma, a Joinville é uma cerveja “possível”. Deve chegar na semana que vem nos bares.
    Um abração.

  • OPA, jah to virando os olhos para tomar esse breja, a dama do lago foi simplesmente MARAVILHOSA, e creio que essa sej a mesma maravilha, agora que aqueles topicos das cervejas Norte Americanas, foi sacanagem isso foi, as descrições perfeitas e extremamente detalhadas do mauricio, e nada dessas maravilhas por aqui hauhauhauahu E ainda naum pude ir no Brasil Brau, para tomar muitas outras maravilhas hauhauhauahau. Para BOM bebedor eh tortura de mais hauhauahuahauh

  • 5 Luiz Eduardo de Carvalho Silva

    Estou esperando ansioso a Joinville Porter chegar em Joinville!!! 🙂

  • Semana que vem jah devo estar com a minha aqui em casa. No site da einsenbahn jah tem a venda. Ancioso para provar essa maravilha, espero que surpreender assim como foi com a dama do lago

  • 7 Luiz Eduardo de Carvalho Silva

    Finalmente uma cerveja que realmente traduz o espírito cervejeiro joinvilense! Parabéns ao Ivan e ao Diogo por essa grande cerveja!

Deixe um comentário

Você deve logar-se para postar um comentário.



Anuncie

Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

Baixe nosso Mídia Kit

Entre em contato: [email protected]