Arquivos de tag para 'resultado'

Resultado do V Concurso Nacional de Cervejas Artesanais

Comentário
1.393 visitas

5encontronacional

Medalhistas do estilo Brown Porter
1º Ido Décio Schneider
2º Tatiana de Mello Lima Gomes
3º Rodrigo Ríos Figarola

Medalhistas do estilo Imperial IPA
1º Paulo Roberto Dalla Santa
2º Daniel Coelho Caruso
3º Mauro Nogueira

Medalhistas do estilo Oktoberfest/Märzen
1º André Luís Junqueira Santos
2º Leonardo Augusto Botto Maia
3º João Manuel Veiga

 
CERTIFICADOS

Estilo BROWN PORTER (Prata):
André Adelar Hommerding
Alexandre Andrade Morales
Rodrigo Ríos Figarola
Alexandre Comparsi
Marcio Duran
Pedro Flavio Reis Filho
Tatiana de Mello Lima Gomes
Daniel Martins Pinheiro
Ido Décio Schneider

Estilo BROWN PORTER (Bronze):
Maurício Pires Augusto
Maria Edna Moraes Moreira
André Luís Junqueira Santos
Adriano Bovo Mendonça
Luiz Antonio Cravo da Costa
Renato Pudo
Jean Claudi Sucupira Domingos
Carlos Vitor Muller
Deivid Rafael de Oliveira
Alison Scapini
Paulo Roberto Dalla Santa
Rafael Augusto do Carmo Oliveira
Luciano Felippetto
Carlos Alberto Leopoldo da Câmara Filho
Cassiano Marquardt Corleta
Michael Rafael Dresch

 Estilo IMPERIAL IPA (Ouro):
Philip Almásy  Zanello

Estilo IMPERIAL IPA (Prata):
Daniel Coelho Caruso
Alex Wirz Vieira
Paulo Roberto Dalla Santa
Carlos Magno Figueiredo Teixeira
Mauro Nogueira
Guido Arezo Curbelo
Luciano Felipetto
Glauco Caon
Marco Aurélio Koch
Rafael Patricio Martins
Leonardo Augusto Botto Maia

Estilo IMPERIAL IPA (Bronze):
Michael Rafael Dresch
Ian Michael Asquith
Andre Carvalho Braga
Cassiano Fregapani Pereira
Eduardo Manetta
Ido Décio Schneider
Pedro Flavio Reis Filho
Daniel Gontijo
Rafael Augusto do Carmo Oliveira
Sylvio E. C. Mármora
Marcio Cunha Rossi
Eduardo Boger
Luiz Antonio Cravo da Costa
Paulo de Tarso Cavalcanti Cabral
Bernardo Bomfim Lepikson
Carlos Alberto Leopoldo da Câmara Filho
Edu Antonio Diedrich Bothomé
Carlos Henrique Rampazzo Almeida
Reynaldo Araujo Bastos Junior
Rodrigo de Oliveira Amorim

 Estilo OKTOBERFEST/MÄRZEN (Prata):
Rafael Cadilhe David
Márcio Lopes Motta
André Luís Junqueira Santos
Leonardo Augusto Botto Maia
Alison Scapini

 Estilo OKTOBERFEST/MÄRZEN (Bronze):
Cosme Leandro da Silva Dutra
Rafael Augusto do Carmo Oliveira
João Manuel Veiga
Michael Rafael Dresch
Paulo Roberto Dalla Santa
Eduardo Manetta
Gabriela Gontijo Montandon
Caroline Bender

* Os resultados são extra-oficiais, já que ainda não foram publicados no site da ACervA Gaúcha até a publicação deste post. Portanto, são passíveis de correções.

Resultado do IV Concurso Nacional de Cervejas Artesanais da ACervA

Comentários
1.128 visitas

Estive nesse fim de semana no Rio de Janeiro participando como jurado no IV Concurso Nacional de Cervejas Artesanais das ACervAs.  Falarei com mais detalhes de como foi o concurso em outros posts que virão a seguir, mas por enquanto gostaria de deixá-los com o resultado final das 4 categorias, dais quais fiz a triagem da Brown Ale e a final da Witbier, passo abaixo aos leitores do BREJAS:

Categoria American Brown Ale

  • 1º LUGAR: Brunette, de Carlos Câmara, Rio de Janeiro/RJ
  • 2º LUGAR: Brown Ale, de Rafael Oliveira, Rio de Janeiro/RJ
  • 3º LUGAR: Cacellos Brown Ale, de  Carlo Marcello de Oliveira Siqueira, Rio de Janeiro/RJ
  • 4º LUGAR: Morena Lúcifer, de Rafael Patricio Mob Bier, Coronel Fabriciano/MG
  • 5º LUGAR: Daniel Martins Pinheiro, Belo Horizonte/MG
  • 6º LUGAR: Jambreiro Bâdil, de Humberto Ribeiro Mendes Neto, Nova Lima/MG

Categoria Witbier

  • 1º LUGAR: Hoeglück, do José Augusto Silveira Junio, Belo Horizonte/MG
  • 2º LUGAR: Catopê, de Reynaldo Araujo Bastos Junior, Montes Claros/MG
  • 3º LUGAR: Mata Branca, de Luiz Antonio Cravo da Costa, Salvador/BA
  • 4º LUGAR: Wit Linx, do nosso querido amigo Luis Antonio Teixeira, Ribeirão Preto/SP
  • 5º LUGAR: Tonera WitBier, de Raphael Calage Tonera, Florianópolis/SC
  • 6 º LUGAR: Dry Mexerica, deDiego Pinheiro Aun, Belo Horizonte/MG

Categoria Traditional Bock

  • 1º LUGAR: Profana Volúpia, de Cristian Nazareno Oliveira Rocha, Juiz de Fora/MG
  • 2º LUGAR: Bock 68, de Eduardo Manetta, São Paulo/SP
  • 3º LUGAR: Tonera Bock, de Raphael Calage Tonera, Florianópolis/SC
  • 4º LUGAR: Leonardo Botto, do grande Leonardo Botto, Rio de Janeiro/RJ
  • 5º LUGAR: Duvessa Boc, de Luciano Filippetto e Nicolai Polleto, Porto Alegre/RS
  • 6 º LUGAR: Desbockada, de João Veiga, Rio de Janeiro/RJ

Estilo Livre

  • 1º LUGAR: Elcio Martins (SC), com uma Stout
  • 2º LUGAR: Bitter Peace, de Maurício Pires Augusto, Rio de Janeiro/RJ
  • 3º LUGAR: Daniel Martins Pinheiro, Belo Horizonte/MG
  • 4º LUGAR: Dubbel, de Reynaldo Araujo Bastos Junior, Montes Claros/MG
  • 5º LUGAR: Kiary, de Robson Sierra Sells, São Bernardo do Campo/SP
  • 6º LUGAR: Rio São Franscisco, de Samuel Crhistophe Cavalcanti Cabral, Curitiba/PR, com uma Imperial Stout

Parabéns aos vencedores, aos participantes e principalmente aos organizadores, que fizeram um belo concurso, juntando o melhor que existe em termos de cervejeiros caseiros, micro cervejarias e personalidades do mundo cervejeiro nacional.

Ainda esta semana postaremos aqui as fotos da festa de encerramento, que foi simplesmente SENSACIONAL!

CERVEJAS DE TRIGO ALEMÃS: Resultado do “Teste Cego”

35 Comentários
3.723 visitas

– 3,48 – Licher Weizen

– 3,40 – Franziskaner Hefe Weissbier

– 3,18 – Weihenstephaner Hefe Weissbier

– 2,90 – Oettinger Hefeweissbier

– 2,88 – Paulaner Hefe-Weissbier Naturtrüb

– 2,70 – Erdinger Weissbier

– 2,47 – Schneider Weisse Original

————————NOTAS————————

  • Este Teste Cego, a exemplo do efetuado pelos Confrades de BREJAS com as cervejas Pilsen brasileiras (veja AQUI), foi realizado a partir de amostras oferecidas a cada Confrade (1 copo modelo “tulipa” por rótulo, uma marca de cada vez). Tivemos absoluto cuidado para que as amostras não fossem identificáveis no momento da degustação. As notas foram dadas seguindo os parâmetros de avaliação adotados pelo BREJAS (veja AQUI). As notas e comentários individuais de cada Confrade brejeiro serão oportunamente inseridos no Ranking BREJAS.

  • Apesar dos nossos esforços, não conseguimos localizar a cerveja Hofbräu Hefeweizen. Ao que parece, a breja está mesmo indisponível temporariamente na maioria dos pontos de venda. Caso consigamos achá-la a tempo, ela será incluída como controle no nosso próximo Teste Cego de cervejas de trigo brasileiras.
  • Todas as cervejas avaliadas neste Teste Cego podem ser adquiridas no mercado brasileiro em bons supermercados, empórios ou em lojas virtuais de cervejas (www.nonobier.com.br e www.cervejasnet.com.br são algumas delas), ao preço médio aproximado de R$ 9,00 por unidade. As amostras utilizadas foram compradas a não mais do que dois dias anteriores ao Teste, em garrafas de 500ml, com exceção da Oettinger Hefeweissbier, a qual é vendida apenas na versão enlatada.

Não podemos deixar de agradecer aos nossos amigos Markim  e Caramujo. O primeiro, pela excelente participação e cuidado ao nos servir as amostras — e manter o segredo do Teste até o final — e o segundo por ser um excelente piadista, quebrando um pouco a habitual sisudez do Teste Cego…

Convidamos os leitores deste Blog a discutir o resultado através dos comentários deixados no pé deste post, ou na comunidade BREJAS.com.br, no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=37713621.

weiss1.JPG

Cursos do BREJAS

Confira o programa de Cursos e Palestras do BREJAS. Para quem quer aprender a fazer sua própria cerveja em casa, atenção para as novas datas para o Curso de Cerveja Artesanal. Para degustar com conhecimento, o caminho é o Curso de Degustação de Cervejas e Cultura Cervejeira. E, para um evento realmente diferente na sua empresa, com informação cervejeira e também diversão, a Palestra-Apresentação corporativa O Mundo da Cerveja.

Teste Cego de Weiss brasileiras – O resultado

39 Comentários
2.850 visitas

weissnacionais1.jpg

Foram 7 rótulos testados, utilizando a mesma metodologia dos Testes Cegos de Pilsens brasileiras e Weissbieren alemãs. Segue o resultado final, com as notas correspondentes:
1º – rotulodana.jpg Dana Bier Dani Weiss e rotulobohemia.jpg Bohemia Weiss (empatadas) – 2,82;
3º – rotulobacker.jpg Backer Trigo – 2,52;
4º – rotuloappia.jpg Colorado Appia – 2,36
5º – rotulodado.jpg DaDo Bier Weiss – 2,32;
6º – rotuloeisenbahn.jpg Eisenbahn Weizenbier – 2,26
7º – rotulobaden.jpg Baden Baden Celebration Verão 2008 – 2,12

—————NOTAS—————–

  • Este Teste Cego, a exemplo dos efetuados pelos Confrades de BREJAS com as cervejas Pilsen brasileiras e as Weissbieren alemãs , foi realizado a partir de amostras oferecidas a cada Confrade (1 copo modelo ”tulipa” por rótulo, uma marca de cada vez). Tivemos absoluto cuidado para que as amostras não fossem identificáveis no momento da degustação. As notas foram dadas seguindo os parâmetros de avaliação adotados pelo BREJAS. As notas e comentários individuais de cada Confrade brejeiro serão oportunamente inseridos no Ranking BREJAS.

  • Todas as cervejas avaliadas neste Teste Cego podem ser adquiridas no mercado brasileiro em bons supermercados, empórios ou em lojas virtuais de cervejas (www.nonobier.com.br e www.cervejasnet.com.br são algumas delas), com preços que variam de R$ 4,00 a R$ 19,00 por unidade, dependendo da marca.

O agradecimento especial vai para o nosso amigo Mauricio Falsarella, o Mutsa, pela excelente participação e cuidado ao nos servir as amostras — e manter o segredo do Teste até o final.Está aberta a temporada de boca-no-trombone! Convidamos os leitores deste Blog a discutir o resultado através dos comentários deixados no pé deste post, ou na comunidade do BREJAS, no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=37713621.

weissnacionais2.jpg

Confrades do BREJAS: Daniel Rolfsen, Daniel C., Mauricio Beltramelli, Guilherme Scalzilli e Ricardo Sangion.

Cursos do BREJAS

Confira o programa de Cursos e Palestras do BREJAS. Para quem quer aprender a degustar com conhecimento, o Curso de Degustação de Cervejas e Cultura Cervejeira. E, para um evento realmente diferente na sua empresa, com informação cervejeira e também diversão, a Palestra-Apresentação corporativa O Mundo da Cerveja.

Resultado do Teste Cego de cervejas Pilsen Premium Brasileiras

36 Comentários
41.436 visitas

pilsenpremiumbrasileiras.JPG

Conforme anunciado neste post, BREJAS fez ontem (3/12), o Teste Cego das cervejas Pilsen nacionais que seus fabricantes denominam “Premium” ou “Puro Malte”.

Foram 12 rótulos testados. Para fazer justiça às brejas, as separamos por grupos, tendo em vista a ocorrência de vários empates técnicos. Veja abaixo resultado e as notas de cada breja. Clique no nome de cada uma para ver as notas de cada avaliador diretamente do nosso Ranking:

– 1º Grupo – AS CAMPEÃS: Bauhaus (4,3) e Mistura Clássica Premium (4,2);

– 2º Grupo: Brahma Extra (3,1), Cidade Imperial Clara (3,1), Gold (3,0) e Itaipava Premium (2,9);

– 3º Grupo: Bavaria Premium (2,6), Petra Aurum (2,4) e Therezópolis Gold (2,4);

– 4º Grupo: Black Princess Gold (2,1), Crystal Premium (1,9) e Cerpa Export (1,9).

———-NOTAS———-

  • Este Teste Cego, a exemplo de outros realizados pelos Confrades do BREJAS, foi realizado a partir de amostras oferecidas a cada Confrade (cerca de 150ml por rótulo, uma marca de cada vez). Tivemos absoluto cuidado para que as amostras não fossem identificáveis no momento da degustação. As notas foram dadas seguindo os parâmetros de avaliação adotados pelo BREJAS (veja aqui).
  • A validade de todas as amostras adquiridas é no ano de 2009.
  • As notas conferidas nesse Teste Cego não refletem obrigatoriamente as contidas no Ranking BREJAS, já que havia convidados especiais entre os Confrades, os quais avaliaram as cervejas dentro do estilo proposto.
  • A ordem na qual as cervejas foram servidas no Teste Cego foi a seguinte: Cidade Imperial Clara, Gold, Cerpa Export, Crystal Premium, Bavaria Premium, Therezópolis Gold, Petra Aurum, Brahma Extra, Black Princess Gold, Itaipava Premium, Mistura Clássica Premium e Bauhaus. Cai por terra, portanto outro mito: O de que após 5 cervejas degustadas todas se parecerão iguais ao paladar. Basta verificar que as campeãs foram servidas por último no Teste Cego.
  • Houve surpresas? Os rótulos compensam o custo-benefício? Você considera que uma breja Pilsen que ostenta em seu rótulo a informação de que é uma “Premium” ou “puro Malte” realmente pode ser melhor do que as “normais”?

    Enquanto você pensa sobre essas “torturantes” questões — e comenta aqui no Blog — curta o filme abaixo, que dá uma idéia legal do clima do Teste-Cego, bem como a forma que foi realizado pelo BREJAS.

    Cursos do BREJAS

    Confira o programa de Cursos e Palestras do BREJAS. Para quem quer aprender a fazer sua própria cerveja em casa, atenção para as novas datas para o Curso de Cerveja Artesanal. Para degustar com conhecimento, o caminho é o Curso de Degustação de Cervejas e Cultura Cervejeira. E, para um evento realmente diferente na sua empresa, com informação cervejeira e também diversão, a Palestra-Apresentação corporativa O Mundo da Cerveja.

    Anuncie

    Anuncie no Brejas e divulgue o seu negócio:

    Baixe nosso Mídia Kit

    Entre em contato: [email protected]